SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Jaime Alheiros assume a presidência do Porto do Recife

Jaime Alheiros assume a presidência do Porto do Recife


Fonte: Porto do Recife (7 de dezembro de 2020 )
Foto: Marlon Diego

 

A partir desta quinta-feira (03.12), o Porto do Recife começou a operar sob o comando do arquiteto urbanista e especialista em gestão de projetos Jaime Alheiros. No currículo, Jaime traz 25 anos de atuação em planos setoriais e planejamento estratégico, bem como larga experiência em gestão pública, inclusive no setor portuário. Entre 2011 e 2018, Alheiros foi diretor de Planejamento e Urbanismo, e diretor de Planejamento e Gestão do Complexo Industrial Portuário de Suape.

 

O arquiteto e urbanista é o 22º (entre titulares e interinos) presidente a assumir o comando do ancoradouro recifense, desde o convênio de delegação firmado entre o Governo do Estado de Pernambuco e a União Federal, em junho de 2001, que passou a administração e exploração do Porto Organizado do Recife para o Estado de Pernambuco por intermédio da empresa Porto do Recife S.A. “O Porto do Recife é um importante equipamento para o desenvolvimento econômico de Pernambuco, apoiando o crescimento pujante dos polos industriais da RMR, nos últimos anos. Além da sua função logística, contribui para a revitalização do Bairro do Recife com os projetos de revitalização portuária (REVAP) e pode fazer muito mais enquanto plataforma turística para o Estado – é um porto que tem história e tem futuro!”, ressalta o novo diretor-presidente.

 

Alheiros vai substituir Carlos Vilar, funcionário de carreira, com 45 anos de casa e que estava na presidência do ancoradouro pela terceira vez. “Dediquei quase meio século de minha vida ao Porto do Recife, contribuí de muitas maneiras para a história desse ancoradouro centenário. Aos 74 anos senti que era o momento de dedicar tempo para a minha família e cuidar de minha saúde. Em tempos pandêmicos fico limitado, em virtude de minha idade, e não posso servir ao Porto com a dedicação de sempre. O momento pede alguém mais jovem”, explica Vilar sobre a renúncia ao cargo.

 

Esta última gestão (de fevereiro de 2019 a novembro de 2020) de Carlos Vilar, na presidência do Porto, foi marcada por uma profunda reforma administrativa, equilíbrio operacional, investimento em novas tecnologias e obras estruturadoras, e adequação a lei das estatais.

 

Dentre as ações de maior destaque, registramos a reestruturação organizacional da empresa e a aquisição de um Sistema Integrado de Gestão Empresarial que deixará um sistema Business Intelligence à disposição dos gestores e que ajudará a tomar decisões inteligentes, mediante dados e informações recolhidas pelos diversos sistemas de informação, integrando os dados, recursos e processos, de todas as áreas.

 

Nos negócios, a gestão de Carlos Vilar retomou áreas operacionais para arrendamentos, realizou contratos de transição com grandes empresas que ocupam áreas operacionais e deixou muitos projetos encaminhados para atrair o setor privado para dentro das áreas portuárias, como o projeto e estudo de viabilidade do terminal de granel sólidos para atender a demanda da indústria cervejeira no Estado, em complementação ao terminal da Rhodes que já existe.

 

Os projetos e a viabilidade das obras estruturadoras também marcaram a gestão. A expectativa é de que ainda este mês seja publicado o edital de licitação da obra de dragagem do Porto do Recife. A licitação é fruto de um Termo de Compromisso assinado, no final de 2019, entre o Governo do Estado e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, com interveniência da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e a interveniência executora da Porto do Recife S.A., na ordem de R$ 28.500.000,00. A licitação prevê a retirada de um volume de 832.208 m³ de sedimendos do cais acostável, canal interno e bacia de evolução.

 

Também foram finalizados outros dois editais, que já estão com Termo de Compromisso assinado, no valor de R$ 27.500.000,00, um para a obra de drenagem, pavimentação de toda a faixa de cais, reforço dos berços 00 e 01, iluminação e combate a incêndio, e outro para a aquisição de novas defensas. Todas essas obras devem ser concluídas até o final de 2021


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais