SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Docas do Rio leiloa bens patrimoniais e arrecada R$ 1,2 milhão

Docas do Rio leiloa bens patrimoniais e arrecada R$ 1,2 milhão


Fonte: APLOP (7 de dezembro de 2020 )

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) realizou um leilão público de bens móveis inservíveis, que aconteceu, simultaneamente, de forma presencial e on-line. Na ocasião, foram arrematados todos os 21 lotes postos à venda, gerando uma receita de R$1.238.900,00 para a companhia. Entre os itens arrematados, havia empilhadeiras, guindastes, pontes rolantes e sucatas ferrosas provenientes da demolição de armazéns no Porto do Rio de Janeiro.

 

O leilão, coordenado pela Gerência de Gestão de Ativos Imobiliários e Patrimônio (GERAIP) e pela Supervisão de Patrimônio (SUPATR) da CDRJ, foi conduzido por um leiloeiro oficial contratado por processo licitatório. Segundo o supervisor da SUPATR, Junior Quintiliano, “o leilão superou todas as expectativas, ultrapassando os lances iniciais em 17,63%, sendo um resultado muito expressivo para o momento atual”.

 

O gerente da GERAIP, Thiago Barbieri, informou que “a CDRJ pretende realizar novos leilões no próximo exercício, buscando eliminar os materiais e equipamentos em desuso ainda existentes.” Para isso, a equipe da SUPATR, em conjunto com as áreas operacionais dos portos, está providenciando o levantamento desses bens sucateados e as formalidades necessárias.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais