SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Presidente da Cetesb apresenta o Acordo Ambiental SP em evento do International Political Science Association em comemoração aos 75 anos da ONU

Presidente da Cetesb apresenta o Acordo Ambiental SP em evento do International Political Science Association em comemoração aos 75 anos da ONU


Fonte: CETESB (21 de outubro de 2020 )
Patrícia Iglecias foi a representante brasileira e dividiu o painel com especialistas e acadêmicos de diferentes localidades no mundo.

 

Como parte das comemorações do 75º aniversário da ONU, a International Political Science Association – IPSA, em parceria com a Concordia University e em colaboração com a Konrad Adenauer Foundation – KAS e as filiais da Grande Montreal e Quebec da Associação das Nações Unidas no Canadá, realizou, em 19/10, o evento “Conferência sobre os Desafios e Perspectivas para o Futuro do Multilateralismo”.

 

A diretora-presidente da CETESB, Patrícia Iglecias, foi a representante do Brasil convidada a participar da conferência internacional. Dividindo o espaço com especialistas e acadêmicos estrangeiros no painel sobre “Governança Ambiental e Mudanças Climáticas”, apresentou o Acordo Ambiental SP, lançado em 2019, pelo Governo do Estado de São Paulo, com o objetivo de incentivar empresas paulistas a assumirem compromissos voluntários de redução de emissão de gases de efeito estufa, com a finalidade de conter o aquecimento do planeta abaixo de 2ºC, confirmando o compromisso assumido para a continuidade da implementação do Acordo de Paris.

 

O Acordo prevê o reconhecimento dos signatários como membros da comunidade de líderes em mudanças climáticas, além do apoio técnico governamental. A ação incentivará a implementação de novas tecnologias e soluções inovadoras, realçando o protagonismo do Estado na agenda climática.

 

Depois de uma breve apresentação da Companhia Ambiental e sua missão como órgão de fiscalização, de controle da poluição e de transferência de tecnologia, a dirigente anunciou dados que comprovam a importância da CETESB no cenário estadual e nacional, no fomento de uma política de crescimento econômico sustentável.

 

Patrícia Iglecias lembrou que, há cerca de um ano, o Acordo Ambiental SP foi celebrado com 55 aderentes e que hoje o número se ampliou para 130, e continua aumentando. Segundo ela, apesar da pandemia, a CETESB não deixou de se alinhar com outros governos subnacionais, estados e países, mantendo o diálogo e atestando o empenho geral, com uma visão do horizonte, até 2030.

 

“Empresas do setor público e privado, que são ou querem se tornar líderes no combate às mudanças climáticas, apoiam o governo do Estado de São Paulo no estabelecimento de ações e políticas voltadas à proteção do meio ambiente no território estadual”, afirmou a dirigente.

 

Explicou que, quando se estabelecem metas de redução de emissões busca-se eficiência energética, com menor utilização de recursos hídricos e intensidade de emissão de carbono, dentro de uma política de responsabilidade socioambiental.

 

Fundada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – UNESCO, o IPSA é uma organização acadêmica internacional, que visa à promoção e ao avanço da ciência política em todo o mundo.

 

Durante a conferência, aberta, em 19/10, e que se estenderá até o próximo dia 21/10, além do tema Governança Ambiental e Mudanças Climáticas, os participantes ouvirão discussões sobre o Desenvolvimento Internacional e Crises Humanitárias; Combate à Desigualdade e à Violência de Gênero; o Sistema Internacional de Comércio Multilateral; Crescimento Demográfico e Migração Internacional; e o impacto das tecnologias digitais na governança global.

 

Participaram do mesmo painel, como palestrantes, Guy Saint-Jacques, ex-negociador-chefe e embaixador para Mudanças Climáticas do Governo do Canadá; Walter Arévalo-Ramirez, professor principal de Direito Internacional Público da Universidad del Rosario, Colômbia e presidindo a mesa, Valériane Thool, doutoranda em Direito Internacional na Universidade de Québec à Montréal (UQAM).


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais