SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Câmara Setorial de Transportes pede atenção para a falta de espaço para depósito de contêineres nos terminais

Câmara Setorial de Transportes pede atenção para a falta de espaço para depósito de contêineres nos terminais


Fonte: ACS (9 de outubro de 2020 )
Foto: ACS

 

Os integrantes da Câmara Setorial de Transportes se reuniram na manhã desta quinta-feira (08), na Associação Comercial de Santos. Dificuldades para depósito de contêineres nos terminais e a falta de profissionais capacitados para o transporte rodoviário foram alguns dos temas abordados no encontro.

 

De acordo com a coordenadora da Câmara, Roseneide Fassina, esta primeira reunião, após ser eleita na coordenadoria, a deixou entusiasmada. “Vieram pessoas que estão com o intuito de trazer os problemas para serem endereçados para uma melhoria comum. A gente não discutiu coisas específicas para cada uma das empresas, mas, sim, para o negócio em geral”.

 

Uma das dificuldades que preocupam  o setor é falta de depósito de contêineres. “Por isso, tomamos a iniciativa de preparar um ofício, por meio da Câmara Setorial, para posterior avaliação da diretoria da ACS,  para envio aos órgãos responsáveis para que eles se sensibilizem com essa dificuldade, e entendam que isso, efetivamente, compromete a operação, o custo e a qualidade de vida de quem fica horas dentro de terminais e não encontra espaço para depositar as mercadorias”.

 

Roseneide espera que este ofício surta efeito e traga sensibilidade para a dificuldade sofrida pelos transportadores. “Defendo a cabotagem, defendo o aéreo. Mas nada chega a lugar algum se não tiver a última ponta que é o rodoviário”.

 

Faltam profissionais qualificados

Cargos de operador de empilhadeira, conferente e ajudante sempre são oferecidos pelas empresas. Mas, segundo os integrantes da Câmara, há uma certa dificuldade em encontrar profissionais qualificados para as vagas. “Algumas vezes recorremos ao Sest/Senat que capacita esse tipo de profissional. Entretanto, temos que treinar o dia a dia, e muitas vezes temos duas pessoas fazendo a mesma função até que o novo contratado consiga desempenhar o serviço sozinho e isso gera um gasto, uma despesa maior”, completou a coordenadora da Câmara Setorial de Transportes.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais