SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Autoridades apreendem no Brasil 1,5 toneladas de cocaína destinada a Espanha 

Autoridades apreendem no Brasil 1,5 toneladas de cocaína destinada a Espanha 


Fonte: Observador (6 de outubro de 2020 )

As autoridades brasileiras apreenderam um carregamento de 1,5 toneladas de cocaína, escondidas numa carga de milho, num cargueiro que tinha como destino o porto espanhol de Cádiz, informaram esta segunda-feira fontes oficiais.

 

A droga foi descoberta na passada sexta-feira, numa fiscalização de rotina no porto de São Sebastião, no litoral do estado brasileiro de São Paulo, por agentes da Polícia Federal e da Alfândega Federal.

 

Apesar de a Polícia ter informado inicialmente que o carregamento correspondia a uma tonelada de cocaína, a Alfândega Federal esclareceu hoje, em comunicado, que o peso total da droga ascendia a 1.524 quilogramas.

 

A cocaína foi descoberta nos armazéns do Unispirit, um navio de bandeira de Antígua e Barbuda com tripulação russa que estava ancorado em São Sebastião à espera de autorização para partir rumo a Cádiz, no sul de Espanha.

 

Os pacotes com cocaína estavam escondidos no meio da carga de milho, tendo sido necessário retirar todos os grãos do depósito para extrair a droga.

 

O estupefaciente foi enviado à Superintendência da Polícia Federal em São Paulo para ser destruído.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais