SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Aumento na exportação de açúcar é destaque da balança comercial paulista 

Aumento na exportação de açúcar é destaque da balança comercial paulista 


Fonte: FIESP (11 de setembro de 2020 )
Para conferir o desempenho das diretorias regionais, acesse o relatório em anexo.

Entre janeiro e agosto de 2020, as exportações do estado de São Paulo somaram US$ 30,1 bilhões, uma queda de 12,4% em comparação ao mesmo período do ano passado. Já as importações totalizaram US$ 33,7 bilhões, uma contração de 15,7% no período. Os dados são da Balança Comercial das Diretorias Regionais, relatório produzido pela Fiesp e pelo Ciesp com o desempenho das 42 diretorias regionais do Ciesp.

 

Considerando o acumulado de janeiro a agosto deste ano, os produtos da indústria de transformação que apresentaram crescimento do valor exportado foram açúcares de cana (47,3%), carnes desossadas de bovino (32,4%) e óleo combustível (13,3%). Por outro lado, o setor aeronáutico registrou queda de 72% nos embarques e as vendas de automóveis de passageiros foi 60% menor do que o registrado nos oito primeiros meses de 2019.

 

As diretorias regionais que apresentaram melhor desempenho exportador foram Sertãozinho, Presidente Prudente e São Caetano do Sul. Os principais produtos embarcados por Sertãozinho foram açúcares e produtos de confeitaria (50,5%), sementes e frutos oleaginosos (18,8%) e resíduos e desperdícios das indústrias alimentares (13%). Já Presidente Prudente elevou o número de exportados com açúcares e produtos de confeitaria (38,7%), carnes e miudezas (17%) e preparações alimentícias (13,4%).  Em São Caetano do Sul, os principais embarques foram de veículos automóveis, tratores (69,3%), máquinas e aparelhos mecânicos (9,3%) e aeronaves (8,5%).

 

Em relação às importações, as diretorias de Santos, Araçatuba e Botucatu foram as que mais importaram no período.

 

Vale destacar que as regiões que dependem da exportação de produtos de maior valor agregado (aeronaves, automóveis e máquinas e equipamentos) tiveram seus resultados afetados pelas condições de mercado na Argentina e nos Estados Unidos. Já aquelas com perfil exportador vinculado a açúcares, carnes e celulose se beneficiaram do aumento dos embarques para a China.

 

A Balança Comercial das Diretorias Regionais traz informações mensais do comércio exterior, por produto e por país. Os dados são extraídos do sistema ComexStat e analisados pelo Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da Fiesp e do Ciesp.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais