SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Empresa portuguesa vai expandir segundo maior porto do Peru

Empresa portuguesa vai expandir segundo maior porto do Peru


Fonte: APLOP (9 de setembro de 2020 )

A empresa portuguesa Etermar Engenharia e Construção S.A. com sede em Setúbal, ganhou o concurso privado internacional para o prolongamento do cais marginal do Porto de Paita, no Peru.

 

Trata-se da primeira fase de expansão daquele que é o segundo maior porto peruano e visa aumentar o atual cais para 360 metros, permitindo que o porto receba navios de maior dimensão, incrementando assim a capacidade de exportação agro-industrial do país.

 

O concurso foi lançado pela concessionária Terminal Portuários Euroandinos (TPE), uma joint-venture detida pela empresa DP World dos Emirados Árabes Unidos e pela empresa YILPORT Holding da Turquia.

 

A DP World é atualmente a quarta maior operadora portuária mundial, detida pelo Governo do Dubai, com operação em 78 portos em mais de 40 países.

 

Já a YILPORT Holding é a décima-segunda maior operadora portuária mundial com operação em 21 terminais a nível global, entre os quais 7 em Portugal.

 

A Etermar Enganharia e Construção S.A. é a maior empresa portuguesa especializada no ramo da construção marítima e tem presença em quatro continentes, com operação, entre outros mercados, em Espanha, França, Marrocos, Tunísia, Guiné-Equatorial, República Dominicana e Brasil.

 

Atualmente em Portugal, a empresa é a líder nos consórcios responsáveis pelas Dragagens da Ria de Aveiro e também do Canal de Acesso aos Estaleiros de Viana do Castelo.

 

Tem ainda uma forte atividade na Região Autônoma da Madeira ao longo dos últimos 50 anos, estando a concluir as obras da nova Lota do Funchal.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais