SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Portos do RS ratificam a existência de sistemas de segurança para operação de cargas em relatório enviado à Secretaria de Logística e Transportes do estado

Portos do RS ratificam a existência de sistemas de segurança para operação de cargas em relatório enviado à Secretaria de Logística e Transportes do estado


Fonte: Guia Marítimo (24 de agosto de 2020 )

Vistoria realizada nos portos do estado atestou a validade de autorizações regulares, licenças ambientais e armazenamento de materiais perigosos. As instalações dos complexos portuários do Rio Grande do Sul estão com licenciamento ambiental vigente e contam com autorizações regulares para operação – incluindo o gerenciamento de segurança necessário para o armazenamento e movimentação de cargas e materiais inflamáveis.

 

Nesta quinta-feira (20/08), a Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul finalizou o inventário referente ao manejo de cargas de alto risco, atendendo ao pedido da Secretaria de Logística e Transportes. Em Rio Grande, foram encontrados em instalações privadas 248 produtos considerados perigosos, mas com sistema rigoroso de prevenção. Conforme a autarquia, o nitrato de amônio – material altamente inflamável e que pode ter causado a tragédia no Líbano -, não é armazenado nas instalações portuárias do estado.

 

O inventário foi coordenado pelo diretor de Qualidade, Segurança e Meio Ambiente da Superintendência, Henrique Ilha, que vistoriou instalações privadas e produtos perigosos nas áreas portuárias de Rio Grande, Pelotas e Porto Alegre.

 

De acordo com o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, a realização da auditoria nos portos do estado foi uma ação de caráter preventivo, indispensável neste momento.”Vistoriar nossas instalações significa antecipar qualquer tipo de problema ou contratempo. Temos a responsabilidade de preservar vidas e de prevenir tragédias”, explicou.


Mais lidas


Conheça um pouco sobre a trajetória e o trabalho exercido pelos advogados de nossas associadas - Vivian Carvalho, gerente jurídico e compliance da Brasil Terminal Portuário e Leandro Fernandes, gerente jurídico do Terminal 12A. Pelo SOPESP, nossa Relações Institucionais, Marcelli Mello e nossa Assessora Jurídica, Gislaine Heredia.

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais