SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Direção da Klabin confia em fim de royalty

Direção da Klabin confia em fim de royalty


Fonte: Valor Econômico (7 de agosto de 2020 )
Teixeira, diretor-geral: “Proposta é produto de avaliação de gente independente” — Foto: Silvia Zamboni

 

O diretor-geral da Klabin, Cristiano Teixeira, se mostrou confiante na incorporação da Sogemar pela empresa de papel e celulose, com extinção do pagamento de royalties por uso da marca a controladores. Em teleconferência sobre os resultados do segundo trimestre, o executivo afirmou que a administração reconhece muito valor na operação do jeito que ela está apresentada e disse que a documentação produzida para a nova proposta deve ser reconhecida como um ganho para todos os acionistas da empresa.

 

“Essa proposta é produto de avaliação de gente independente, de muito bom nível, todos reconhecidos na área em que atuam. Houve liberdade de levantar toda a documentação necessária, inclusive buscando pareceres de pessoas que não tinham rotina com a Klabin, e a oportunidade de chamar executivos importantes de empresas que passaram por processos relativamente parecidos para que o depoimento fosse colocado na documentação a ser avaliada”, explicou Teixeira.

 

O executivo disse agradecer publicamente ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), “que foi peça fundamental nessa proposta de criação de um ambiente para debate e levantamento de documentos”. “Essa intenção desse acionista específico é reconhecida por nós de grande valor”, afirmou o executivo.

 

A nova proposta avalia a marca em R$ 367 milhões. “A documentação pronta fará com que façamos, de forma digital, roadshows com os mais importantes acionistas da companhia demonstrando a criação de valor e a importância pela qual a gente pede apoio na eventual assembleia”, afirmou. Não foi citada uma data para a assembleia, mas ela deve ocorrer em outubro, segundo fontes ouvidas pelo Valor no fim de julho.

 

Questionado sobre a governança da empresa, Teixeira afirmou que a Klabin não pode “abrir mão” de um Klabin no conselho. “A visão de um Klabin no mercado de papel e celulose tem que ser privilegiada sempre.” Para Teixeira, a companhia cada vez mais tem conseguido dosar a visão estratégia e visões complementares em seu conselho. O executivo também citou a recente formalização da política de dividendos e endividamento como um avanço na governança corporativa.

 

O diretor-geral da Klabin, no entanto, afirmou que a migração para o Novo Mercado da B3 não está em sua agenda. “O que está na minha agenda é uma agenda de criação de valor. Não seria maluco de dizer que o Novo Mercado não cria valor, mas vai acontecer quando tiver que acontecer.”

 

O executivo também foi questionado sobre a criação de valor para a companhia com base nos critérios ESG (sigla em inglês para ambiental, social e de governança corporativa). De acordo com Teixeira, práticas de sustentabilidade estão no setor há décadas, mas é preciso tratar da regulamentação do setor, como a precificação do carbono. “A precificação do carbono tem benefícios econômicos para ser considerados no ‘valuation’. O que precisa é a regulamentação e aí entra discussão entre governos e posicionamentos institucionais e do que depender do nosso setor, vai ter apoio. Assim, isso vai ser traduzido em valor para as empresas quando passar do discurso”, disse. O executivo explicou que hoje a Klabin não vende créditos de carbono, mas que, a partir da regulamentação, estará pronta para vendê-los.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais