SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Porto do Recife apresenta para investidores proposta de ampliação da operação de malte

Porto do Recife apresenta para investidores proposta de ampliação da operação de malte


Fonte: Porto do Recife (4 de agosto de 2020 )

Com o objetivo de ampliar a operação de malte no Porto do Recife, foi apresentada a possíveis investidores, nesta terça-feira (28), uma proposta para licitar uma área de mais de 10 mil metros quadrados para a construção de silos, aumentando assim o estoque do produto no local. A reunião remota foi conduzida pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (SDEC), Bruno Schwambach, e pelos presidentes do ancoradouro e da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Carlos Vilar e Roberto Abreu e Lima, respectivamente.

 

Atualmente, o ancoradouro recifense conta com um silo da empresa Rhodes, com uma capacidade de armazenamento de 22 mil toneladas de malte, além de um silo próprio, com capacidade para 25 mil toneladas de grãos. Na proposta apresentada, a expansão da área para operação de malte traria um aumento de mais 65 mil toneladas de espaço para armazenamento, totalizando um investimento de aproximadamente R$ 20 milhões.

 

A Ambev demonstrou interesse em realizar uma parceria com o futuro investidor para conseguir mais espaço de armazenamento do malte. A ideia da empresa é fazer do ancoradouro recifense o holding de distribuição de malte para o Norte e Nordeste. “O espaço que Ambev necessita, para atender sua demanda, é de 30 mil toneladas e o restante do espaço de estocagem pode ser utilizado por outras cervejarias que operam no Nordeste, como a Heineken” ressaltou Carlos Vilar, presidente do Porto do Recife.

 

OBRAS DE MELHORIA

Para atrair esses investimentos para Pernambuco, o Porto do Recife contará com uma estrutura operacional revitalizada. No final de 2019, foram assinados dois Termos de Compromisso entre o Governo do Estado e a União para a realização de obras de melhoria do ancoradouro.

 

O primeiro Termo de Compromisso foi firmado com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT- para a execução das obras de dragagem do cais acostável, que vai do berço 00 ao 06, onde a profundidade chegará a 11m; e do 07 ao 09, que chegará a 8m. A previsão de início das obras é outubro deste ano.

 

O segundo, firmado com o Ministério da Infraestrutura, tem como objeto a execução de obras para reforma, melhoria e adequação da infraestrutura operacional dos cais do Porto. Com isso, haverá novo sistema de defensas e cabeços de amarração, recuperação da drenagem, pavimentação e recuperação estrutural dos cais 00 e 01. As obras devem iniciar em novembro deste ano.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais