SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Klabin deve votar royalty em outubro

Klabin deve votar royalty em outubro


Fonte: Valor Econômico (24 de julho de 2020 )

A assembleia de acionistas que vai deliberar sobre a nova proposta de incorporação da Sogemar pela Klabin, com extinção do pagamento de royalties por uso da marca a controladores, deve ser convocada para outubro, segundo fontes. O prazo considera o período de coleta de documentos necessários à operação e 30 dias de antecedência exigidos para a convocação.

 

Na avaliação de analistas, a proposta resultante da nova negociação entre Klabin e famílias controladoras deve ser aprovada. Para Daniel Sasson, do Itaú BBA, embora em termos absolutos a proposta seja mais cara, R$ 367 milhões contra R$ 344 milhões, o novo pacote é melhor, já que a diluição dos demais acionistas será menor e não houve ajuste no fluxo de royalties a partir da aquisição do negócio de embalagens da International Paper (IP) no Brasil.

 

Inicialmente, a Klabin emitiria 100 milhões de ações ordinárias em favor dos controladores para comprar as marcas. Agora, serão 91 milhões, uma vez que a ação se valorizou. Com isso, a diluição será de 1,7%, frente a 1,9% antes. Em relação à compra dos ativos da IP, o pagamento de royalties seria elevado em cerca de R$ 10 milhões ao ano, ou em um adicional de R$ 100 milhões na perpetuidade. “No entanto, o ajuste da proposta se deu apenas pelo CDI”, apontou.

 

Para a equipe de analistas liderada por Cadu Schmidt, no UBS, a proposta deve ser aprovada, já que o valor a ser entregue aos controladores corresponde a um terço do fluxo futuro de royalties, o fim do contrato aprimora a governança corporativa e a operação não tem impacto nos níveis de alavancagem financeira durante a execução do projeto Puma II.

 

Para os analistas Caio Ribeiro e Gabriel Galvão, do Credit Suisse, o fim do contrato representa “um passo na direção correta”. “A aprovação da proposta corresponderá a uma evolução positiva para a companhia, uma vez que os termos vieram abaixo da nossa expectativa e esse será um importante avanço na governança”, escreveram.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais