SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Navio da Marinha inicia missão nos Açores

Navio da Marinha inicia missão nos Açores


Fonte: Portos de Portugal (20 de julho de 2020 )

O navio patrulha oceânico Sines já se encontra em Ponta Delgada, iniciando assim mais uma missão, de três meses, nos Açores.

 

O Navio da República Portuguesa (NRP) Sines é o terceiro navio da classe Viana do Castelo, sendo a segunda vez que executa uma missão na Zona Marítima dos Açores.

 

Este navio irá guarnecer o dispositivo naval nos Açores, desenvolvendo tarefas específicas no âmbito da busca e salvamento marítimo, da monitorização e controlo da pesca, do controlo da navegação, da prevenção e combate à poluição marinha e na prevenção e combate a atividades ilegais como o narcotráfico.

 

Para além das tarefas referidas, estes navios têm capacidade para cooperar em operações militares, assim como em ações decorrentes da promulgação do estado de sítio ou emergência e no apoio humanitário na sequência de desastre natural, tendo um importante papel no apoio à proteção civil.

 

O NRP Sines é comandado pela capitão-tenente Ester Pereira Lopes e tem uma guarnição de 47 elementos.

 

Breve nota biográfica da comandante do navio: A capitão-tenente Ester Eunice da Costa Pereira Lopes nasceu em Lisboa a 23 de novembro de 1982 e ingressou na Escola Naval em outubro de 2000 tendo concluído o curso de Marinha em 2005, após estágio de embarque nas fragatas João Belo e Álvares Cabral.

 

Entre as várias funções desempenhadas ao longo da carreira no mar e em terra, destaca-se ainda o comando de outro navio, a Lancha de Fiscalização Rápida Hidra de 2007 a 2009.

 

Desde setembro de 2019 exercia funções de oficial do Estado-Maior da Armada, como Chefe do Núcleo de Infraestruturas da Divisão de Material até assumir o comando do NRP Sines em 8 de julho de 2020.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais