SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Proibição de desembarque de cruzeiros prolongada até 31 de julho

Proibição de desembarque de cruzeiros prolongada até 31 de julho


Fonte: Portos de Portugal (16 de julho de 2020 )

O Governo decidiu manter a proibição para o desembarque de cruzeiros por mais duas semanas, até 31 de julho. A informação acaba de ser confirmada à Renascença por fonte do ministério das Infraestruturas.

 

As únicas exceções recaem sobre cidadãos portugueses ou titulares de autorização de residência em Portugal.

 

De resto, e tal como acontece desde março, os cruzeiros só poderão atracar apenas para trabalhos de reparação e manutenção das embarcações.

 

No despacho, o governo justifica esta decisão com a necessidade de conter possíveis linhas de disseminação da Covid-19, uma vez que a situação epidemiológica, quer em Portugal, quer noutros países, ainda não está totalmente controlada.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais