SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Importações chinesas de soja mantêm ritmo acelerado

Importações chinesas de soja mantêm ritmo acelerado


Fonte: Valor Econômico (15 de julho de 2020 )

As importações chinesas de soja alcançaram o recorde mensal de 11,16 milhões de toneladas em junho, segundo informações da agência Reuters baseadas em dados do serviço aduaneiro do país. Em relação a maio, houve crescimento de 19%, e na comparação com junho de 2019 o volume foi 71% maior.

 

Boa parte das compras voltou a ser originada no Brasil. A China intensificou as importações do grão brasileiro a partir de março, depois de uma melhora do clima e em linha com a normalização das operações em seus portos.

 

“A soja brasileira estava barata e as margens de processamento em junho ficaram realmente boas. Assim, processadores [chineses] agendaram um monte de cargas”, disse Xie Hullian, analista da consultoria agrícola Cofeed, à Reuters.

 

“Processadores assinaram muitos contratos com consumidores finais e realizaram pré-vendas de um volume grande de farelo, para travar os lucros”, acrescentou. Indústrias de soja da China, que no início do ano tiveram que parar operações devido à redução da oferta do grão, agora já sofrem com excesso de estoques.

 

Ainda assim, as importações neste mês deverão continuar acima dos níveis normais e superar 9 milhões de toneladas, segundo fontes de mercado. “As importações em julho devem atingir 10 milhões de toneladas, com a maior parte dos carregamentos vindo do Brasil”, afirmou a analista Monica Tu, da Shanghai JC Intelligence, à Reuters.

 

De acordo com a consultoria Agricensus, os chineses acertaram a compra de 16 carregamentos de soja na semana passada, oito ou nove dos EUA e o restante do Brasil, já referentes a contratos para entrega na safra 2020/21. Brasil e EUA lideram as exportações mundiais de soja, enquanto a China é o principal país importador.

 

Segundo a consultoria, foi o maior volume semanal importado por esmagadores chineses desde meados de junho do ano passado. As compras foram realizadas por estatais como Cofco e Sinograin e também por tradings globais como Wilmar e o grupo “ABCD” — ADM, Bunge, Cargill e Louis Dreyfus Company.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais