SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Rumo e Ultracargo contribuem com ações solidárias no combate ao coronavírus

Rumo e Ultracargo contribuem com ações solidárias no combate ao coronavírus


Fonte: ABTP - Associação Brasileira dos Terminais Portuários (10 de julho de 2020 )

Ações em defesa da saúde da população se mostram cada vez mais necessárias nesse cenário de dificuldades causadas pela COVID-19. A ABTP, desde o início da pandemia, tem mostrado medidas de solidariedade que as suas Associadas estão realizando para auxiliar as comunidades e pessoas em vulnerabilidade.

 

Hoje, falaremos das ações realizadas pelas empresas Rumo e Ultracargo. As duas associadas da ABTP fizeram doações de equipamentos hospitalares e produtos de higiene essenciais para o enfrentamento da pandemia, entre outras ações voltadas para o auxílio das comunidades localizadas onde as empresas atuam.

 

Rumo

A Rumo contribuiu com doações às comunidades e hospitais por onde atua, distribuindo produtos importantes para enfrentar a pandemia, como: álcool em gel 70%, materiais para confecção de máscaras, produtos de limpeza, equipamentos hospitalares, roupas de cama, material de ambulatório, ar condicionado, mesas, computadores e alimentos.

 

Para hospitais do Paraná que estão na linha de frente contra a COVID-19, foram doados álcool 70%, alimentos, enxovais e equipamentos hospitalares. Na baixada santista, reforçaram os estoques de hospitais da região com a doação de mais de 12 mil litros de produtos de limpeza. Além disso, os cuidados básicos de segurança com os colaboradores se mantêm constantes.

 

Ainda em conjunto com a ComunitasBR e outras empresas que atuam no setor ferroviário, foram doados R$ 900 mil destinados à alimentação de crianças e adolescentes vulneráveis da baixada santista que estão nessa mesma situação de isolamento social.

 

Junto com a Raízen, a Companhia também disponibilizou 250L de álcool 70% para a Santos Port Authority. Esse primeiro repasse foi destinado à higienização dos ambientes e dos equipamentos para prevenção dos colaboradores portuários ao COVID-19. Em relação aos seus próprios funcionários, a Rumo reforçou medidas de apoio à saúde mental por meio do Programa Ouvir, que fornece ajuda psicológico-emocional e aconselhamento de práticas saudáveis. A Rumo também fez outras doações nos demais estados onde possui malha ferroviária.

 

Ultracargo

A Ultracargo, um dos negócios do Grupo Ultra, realizou doações de Equipamentos de Proteção (EPIs), cestas básicas, respiradores, camas hospitalares e recursos financeiros para ajudar no combate à pandemia da Covid-19. As doações somam R$ 1 milhão e foram destinadas aos cinco Estados em que estão localizadas as operações da empresa: Bahia, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Pará.

Em parceria com a Extrafarma, rede de farmácias que também faz parte do Grupo Ultra, a Ultracargo realizou doação de máscaras cirúrgicas e luvas para o Governo do Estado do Maranhão. Juntas, as empresas forneceram 90 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que serão encaminhadas para o sistema de saúde pública local. A Ultracargo também doou camas hospitalares à Secretaria de Saúde do Maranhão.

 

Na Bahia, a empresa destinou recursos para a aquisição de respiradores para a rede pública de saúde, em parceria com a Oxiteno e com a Brasilgás.

 

Em Pernambuco, a empresa realizou uma doação para a campanha emergencial “Pernambuco Solidário contra o novo coronavírus”, organizada pela Associação Incubadora Porto Social em conjunto com o Governo do Estado. Os recursos doados serão empregados na compra de bens e insumos para abastecer a rede pública de saúde e auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade em razão da pandemia.

 

A Ultracargo também realizou a doação de camas hospitalares ao Governo do Estado do Pará. A empresa se prepara para iniciar sua atuação no estado com o futuro Terminal de Vila do Conde, cujo início da operação está previsto para 2023.

 

Além dessas iniciativas, a empresa doou mais de 3 mil em cestas básicas para as comunidades do entorno de seus terminais, em Santos, Rio de Janeiro, Suape, Aratu e Itaqui.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais