SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Estudo preliminar conclui que Covid-19 pode causar danos cerebrais

Estudo preliminar conclui que Covid-19 pode causar danos cerebrais


Fonte: Investing (26 de junho de 2020 )
Paciente infectado com o novo coronavírus é tratado em hospital em Surrey, no Reino Unido
Steve Parsons/Pool via REUTERS

 

LONDRES (Reuters) – Um estudo preliminar feito com pacientes hospitalizados com a Covid-19 descobriu que a doença pode causar danos no cérebro, causando complicações como derrames, inflamações, psicoses e sintomas análogos ao da demência em alguns casos graves.

 

As descobertas da pesquisa são o primeiro olhar detalhado a uma série de complicações neurológicas ligadas à Covid-19, disseram pesquisadores, e ressaltam a necessidade de estudos mais amplos para descobrir os mecanismos por trás desses danos e ajudar na busca por tratamentos.

 

“Esse é um importante retrato das complicações cerebrais da Covid-19 em pacientes hospitalizados. É importante que continuemos a coletar essas informações para realmente entender o vírus por completo”, disse Sarah Pett, uma professora da University College London que co-liderou o trabalho.

 

O estudo, publicado na revista Lancet Psychiatry na quinta-feira, examinou em detalhe 125 casos em todo o Reino Unido. O pesquisador Benedict Michael, que co-liderou a pesquisa na Universidade de Liverpool, disse que é importante notar que o estudo se focou em casos graves.

 

Os dados foram coletados entre os dias 2 e 26 de abril –quando a doença estava se espalhando de maneira exponencial no país.

 

A complicação mais comum registrada era o derrame, que foi registrado em 77 dos 125 pacientes. Desses, a maioria tinha mais de 60 anos de idade, e a maioria dos casos foi causada por um coágulo no cérebro, configurando o chamado derrame isquêmico.

 

O estudo também descobriu que 39 dos 125 pacientes mostraram sinais de confusão ou mudanças de comportamento que refletiam um estado mental alterado.

 

(Reportagem de Kate Kelland)


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais