SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   CMN altera juros e prazos para cerealistas investirem em armazéns

CMN altera juros e prazos para cerealistas investirem em armazéns


Fonte: Valor Econômico (26 de junho de 2020 )

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje uma resolução para adequar a linha de crédito exclusiva para cerealistas investirem na construção ou ampliação de armazéns às novas condições de juros e prazos do Plano Safra 2020/21.

 

A linha para as empresas terá juros de 6% ao ano e 13 anos de prazo para reembolso, sendo três de carência. São R$ 200 milhões disponíveis via BNDES até 30 de junho de 2021. A alteração segue as condições do Programa de Construção e Ampliação de Armazéns (PCA) do Plano Safra divulgado na semana passada e que atende produtores rurais.

 

Essa linha de financiamento exclusiva para cerealistas foi criada pela medida provisória 897/2019, a “MP do Agro”, convertida na Lei 13.986. Em novembro do ano passado, o CMN regulamentou a oferta de até R$ 200 milhões via BNDES, com 7% de juros ao ano e prazo de 15 anos para pagamento, incluídos três de carência. Em abril deste ano, a resolução foi atualizada para alterar o prazo de contratação até 30 de junho de 2021.


Mais lidas


Conheça um pouco sobre a trajetória e o trabalho exercido pelos advogados de nossas associadas - Vivian Carvalho, gerente jurídico e compliance da Brasil Terminal Portuário e Leandro Fernandes, gerente jurídico do Terminal 12A. Pelo SOPESP, nossa Relações Institucionais, Marcelli Mello e nossa Assessora Jurídica, Gislaine Heredia.

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais