SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Receita reduz exigências do Recof em 50% durante a pandemia

Receita reduz exigências do Recof em 50% durante a pandemia


Fonte: Valor Econômico (22 de junho de 2020 )
— Foto: Ana Paula Paiva/Valor

A Receita Federal cortou em 50% as exigências de exportação e de industrialização no âmbito do Regime Especial de Entreposto Industrial sob Controle Informatizado (Recof) e da versão do Sistema Público de Escrituração Digital (Recof-Sped). A medida se aplica aos períodos de apuração encerrados entre 1º de maio de 2020 e 30 de abril de 2021.

 

“Além disso, no caso das mercadorias admitidas entre o dia 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, foi proposto, também, que o prazo de vigência dos regimes, ou sua prorrogação, seja acrescido em 1 ano”, informa a Receita em nota. As mudanças constam da Instrução Normativa (IN) 1.960, publicada hoje no Diário Oficial da União.

 

O Recof e o Recof Sped permitem às empresas beneficiárias importar ou adquirir mercadorias no mercado interno com suspensão de tributos. No entanto, elas devem exportar produtos industrializados no valor mínimo equivalente a 50% das mercadorias compradas sob o regime. E devem aplicar anualmente pelo menos 70% das mercadorias admitidas na produção dos bens que industrializar. “Com a nova IN, os índices de industrialização e exportação exigidos para a permanência no regime foram reduzidos em 50% para os períodos de apuração encerrados entre 1º de maio de 2020 e 30 de abril de 2021”, informa.

 

De acordo com a Receita, a IN também permite que as mercadorias nacionais compradas sob o Recof sejam armazenadas em recinto alfandegado de zona secundária ou armazém-geral.

 

A Receita também transferiu para as unidades locais da Receita as competências relacionadas a autorizações para registro de declarações preliminares e destruição periódica de resíduos no âmbito do Recof e do Recof-Sped.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais