SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Cidades de três estados usam aplicativo para monitorar covid-19

Cidades de três estados usam aplicativo para monitorar covid-19


Fonte: Valor Investe (19 de junho de 2020 )
Getty Images

Um aplicativo desenvolvido no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) já foi adotado por municípios de três estados para monitorar casos de covid-19. Desenvolvido pela empresa Lemobs, residente da incubadora do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe/UFRJ), o aplicativo Minha Saúde foi recomendado pela Confederação Nacional dos Municípios.

 

Em Teresópolis, no Rio de Janeiro, o aplicativo fará parte das estratégias da retomada das atividades econômicas. As empresas que voltarem a funcionar na cidade deverão pedir que seus trabalhadores instalem o aplicativo, que é capaz de registrar sintomas e fatores de risco que ficam disponíveis para as secretarias municipais de Saúde.

 

Apesar de não substituir o diagnóstico médico, o aplicativo produz uma autoavaliação que gera dados como sintomas mais preocupantes, alergias a remédios e comorbidades. O aplicativo contém um mapa com unidades de saúde e pode recomendar ao usuário que busque um desses serviços, dependendo de sua avaliação.

 

Em Juazeiro do Norte, no Ceará, o aplicativo também foi indicado a empresários pela prefeitura, que recomenda que os funcionários utilizem o serviço para gerar dados de monitoramento sobre a situação da doença na cidade. Oito cidades de Minas Gerais também decidiram adotar o aplicativo desde maio.

 

Outra informação útil para as secretarias de Saúde é o georreferenciamento, que permitirá identificar focos de contágio com o rastreamento de onde uma pessoa com sintomas de covid-19 esteve.

 

Segundo a Lemobs, o aplicativo já foi instalado por usuários de 100 municípios, de 15 estados diferentes. Até 15 de junho, o número de usuários chegava a 10 mil.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais