SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Três companhias de navegação gregas suspendem ligações para a Venezuela após novas sanções dos EUA

Três companhias de navegação gregas suspendem ligações para a Venezuela após novas sanções dos EUA


Fonte: Mundo Marítimo (18 de junho de 2020 )

Três companhias de navegação gregas relataram interromper os desembarques na Venezuela depois que os Estados Unidos aplicaram sanções contra alguns de seus navios, informou a Reuters .

 

Vale ressaltar que os Estados Unidos adotaram medidas sancionatórias para afetar as exportações de petróleo da Venezuela, a fim de privar o governo Nicolás Maduro de sua principal fonte de renda. De fato, no início de junho, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos informou que havia imposto sanções a quatro companhias marítimas pelo transporte de petróleo venezuelano.

 

Por sua vez, a Dynacom Tankers Management, que administra o navio “Quios I”, garantiu que “está comprometida com a abstenção de qualquer negócio futuro que envolva a Venezuela”.

 

Enquanto a NGM Energy SA, que administra o navio-tanque “Voyager I”, informou que implementou “uma política estrita contra o serviço de navios que pretendem carregar carga de origem venezuelana no futuro, sem a autorização expressa dos Estados Unidos”.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais