SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Início da colheita do algodão deve intensificar embarques nos portos, aponta Anec

Início da colheita do algodão deve intensificar embarques nos portos, aponta Anec


Fonte: Revista Globo Rural (18 de junho de 2020 )
(Foto: Emiliano Capozoli)

O início da colheita da safra 2019/20 de algodão deve intensificar o ritmo dos trabalhaos de embarque nos porto de Santos nos próximos dias, segundo avaliação realizada pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

 

De acordo com a entidade, 98% da safra brasileira, estimada em 2,85 milhões de toneladas, deve ser escoada pelo Porto do Santos (SP), “demandando uma maior agilidade nas operações, emissão de documentos de embarque e certificados fitossanitários” nos terminais do complexo portuário.

 

Dados da Secretaria de Comércio Exterior apresentados pela Anec mostram que o Brasil já exportou 845,7 mil toneladas de algodão, 56,8 mil só na segunda semana de junho. Segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Maranhão e Piauí iniciaram a colheita da pluma esta semana. Nos próximos dias, será a vez de Mato Grosso.

 

A associação também ressaltou que espera uma queda  na área plantada com algodão neste ano no país “muito inferior” aos 40% apontados pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) recentemente. A Anec afirma que divulgará sua própria previsão na próxima semana.

 

Embarques

Mais uma vez, a Anec ressalta que as operações nos portos de Santos, Paranaguá, Rio Grande, São Luis/Itaqui, São Francisco do Sul, Vitória, Itacoatiara, Barcarena/Vila do Conde, Santarém, Imbituba, Aratu e Santana seguem normalizadas.

 

Para esta semana, a associação prevê o embarque de 3,5 milhões de toneladas de soja no paí, volume superior às 2,8 milhões de toneladas exportadas na semana passada.


Mais lidas


Conheça um pouco sobre a trajetória e o trabalho exercido pelos advogados de nossas associadas - Vivian Carvalho, gerente jurídico e compliance da Brasil Terminal Portuário e Leandro Fernandes, gerente jurídico do Terminal 12A. Pelo SOPESP, nossa Relações Institucionais, Marcelli Mello e nossa Assessora Jurídica, Gislaine Heredia.

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais