SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Oferta de GLP pode voltar ao normal até dia 9

Oferta de GLP pode voltar ao normal até dia 9


Fonte: Valor Econômico (6 de abril de 2020 )

Depois de sofrer com uma escassez temporária de gás liquefeito de petróleo (GLP) por causa de uma antecipação de compras por parte das famílias, o mercado de São Paulo deve retornar à normalidade dentro de uma semana. A estimativa é do Sindigás, sindicato nacional das distribuidoras do produto.

 

O presidente do Sindigás, Sergio Bandeira de Mello, afirma que não estava no radar das distribuidoras a possibilidade de uma corrida às compras de botijões, movimento que começou por volta do dia 19 de março e que ele considera compreensível diante das medidas de isolamento social para contenção da covid-19. “Fomos surpreendidos, não tínhamos capacidade para responder a isso”.

 

Para fazer frente a esse aumento pontual da demanda, a Petrobras, fornecedora de praticamente 100% do GLP consumido no país, realizou uma importação adicional do produto da Argentina, que se somará à produção das refinarias da região Sudeste. Um navio, com capacidade adicional de 20 milhões de quilos de GLP (equivalente a 1,6 milhão de botijões), já chegou ao porto de Santos.

 

São esperados ainda outros dois navios com importações de GLP, com chegada prevista para a próxima semana. Porém, essa é uma carga “de praxe”, já contemplada no programa de importação da Petrobras.

 

O GLP importado está sendo transportado por caminhão até Mauá (SP), onde será envasado. O uso da via rodoviária ocorre porque o duto que liga Santos ao local de envase entrou em manutenção programada em meados deste mês. Segundo Mello, do Sindigás, essa interdição do duto introduziu um gargalo a mais nesse momento de antecipação de compras. “Não prejudica em nada se estivéssemos com o fluxo normal, porque nos programamos para isso [manutenção do duto]. Mas não estamos com o fluxo normal, a necessidade tem sido bem superior e estamos tendo que responder através de caminhões”, explica. A expectativa é de que o duto retorne a operar por volta do dia 7 de abril, o que deve contribuir para o processo de reabastecimento.

 

A Ultragaz, do grupo Ultra, também trabalha com a expectativa de normalização do abastecimento de GLP na próxima semana. “Montamos uma operação bem grande para garantir o suprimento, estamos operando 20% acima da capacidade usual”, afirma o diretor de desenvolvimento da empresa, Aurélio Ferreira. O executivo avalia que não haverá um problema de “longo prazo” no abastecimento do produto, já que o que ocorreu foi mais uma “mudança de perfil” das compras de botijões, com aumento da procura por parte das famílias e queda da demanda de estabelecimentos comerciais e de serviços.

 

A Liquigás, empresa do Sistema Petrobras, afirma que “não há interrupção no fluxo da cadeia de abastecimento do GLP em nenhum estado brasileiro” e que todas suas unidades de distribuição estão operando “de forma segura, confiável e ininterrupta” para atender a demanda dos consumidores residenciais, comerciais e industriais. “A Liquigás está trabalhando fortemente para manter o abastecimento de sua rede de revendas e ressalta que não há motivo para pânico e estocagem dos botijões”, acrescenta, em nota.

 

O processo de normalização do abastecimento de GLP está sendo monitorado pela Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME). A pasta chegou a realizar uma reunião com agentes do setor na semana passada e destacou, em nota, que a importação adicional da Petrobras permitirá a recomposição dos estoques das distribuidoras e revendedoras, o que garantirá a normalização da oferta de GLP.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais