SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Solução de gestão empresarial em nuvem habilita inovação nas empresas

Solução de gestão empresarial em nuvem habilita inovação nas empresas


Fonte: Valor Econômico (12 de março de 2020 )
Foto: Getty Images

Inovar nem sempre é tarefa fácil – principalmente quando se relaciona às atividades core das empresas. Pensando nos desafios que as mais diversas organizações encontram para se modernizar, a Oracle colocou o cliente no centro e hoje conta com um novo propósito: empoderar as pessoas. Uma das maneiras em que a empresa concretiza sua missão é provendo soluções capazes de revolucionar atividades e redesenhar rotinas de negócio. Um exemplo disso é o Oracle ERP Cloud, solução de gestão empresarial que atende a vários setores, integrando toda a cadeia de gerenciamento e possibilitando que o departamento financeiro esteja cada vez mais próximo das áreas estratégicas e de negócio.

 

“Durante muito tempo, o setor de finanças foi considerado um dos departamentos mais burocráticos, que ficava o tempo inteiro controlando budget, sem contato com os parceiros nem capacidade de participar da inovação”, afirma Paulo Guiné, executivo de desenvolvimento de mercado para a América Latina da Oracle. “Nesse contexto, o Oracle ERP Cloud empodera um novo modelo de gestão, uma vez que é um serviço completo orientado às necessidades dos executivos”. Trata-se, nas palavras de Guiné, de “uma plataforma que faz com que os executivos possam entender seu modelo de negócio e sejam capazes de fazer as mudanças que forem necessárias, na velocidade em que forem necessárias”.

 

Salto evolutivo
O Oracle ERP Cloud é uma solução nativa na nuvem e proporciona a consolidação de informações em tempo real, com menos planilhas, mais confiança nos números e mais segurança para os dados. Com os sistemas integrados e automatização dos processos de rotina, os funcionários se mantêm atualizados e preparados para tomar decisões estratégicas com maior rapidez. Com isso, o departamento financeiro das companhias pode, finalmente, chegar ao século 21.

 

“Em geral, os setores financeiros ainda utilizam soluções que foram desenvolvidas nos anos 1980”, afirma Paulo Guiné. “Já o Oracle ERP Cloud permite reposicionar a demanda: a área passa a gerar dados e levar até os outros departamentos”. Com tecnologias emergentes como inteligência artificial, Internet das Coisas e blockchain à disposição do setor financeiro, o ERP em nuvem da Oracle permite que o departamento remodele seu ritmo e redefina atividades, liberando a equipe para dedicar mais tempo à estratégia e aproximar-se de outras áreas de negócios da empresa.

 

“O produto é um impulsionador para a transformação das empresas”, diz o executivo. E pode ser acessado de qualquer lugar, graças ao Oracle Digital Assistant, compatível com qualquer sistema operacional e utilizável em qualquer dispositivo. Com ele, os executivos podem acessar, inclusive por voz, os dados do Oracle ERP Cloud direto do seu smartphone ou mesmo de seu relógio inteligente.

 

 

Transformar o mundo por meio da inovação significa levar produtos que potencializam mudanças fundamentais para que empresas, e setores específicos dentro delas, se atualizem em termos de inovação. O reconhecimento da Oracle se expressa numa conquista: pelo terceiro ano consecutivo, a Gartner escolheu o Oracle ERP Cloud como Líder em seu Quadrante Mágico 2019 para Pacotes Principais de Gerenciamento de Finanças de Nuvem para Empresas Médias, Grandes e Globais.

 

Demanda expressiva

Com foco em transformar o mundo empoderando as pessoas, a Oracle também desenvolveu o programa ONE: Oracle Next Education. Nele, a empresa não apenas ensina a programação, sabidamente a profissão do futuro, mas também estimula o desenvolvimento de outras habilidades em alta no mercado, como o empreendedorismo. O programa, que oferece cursos 100% online pelo valor simbólico de apenas 6x de R$16,50, dá acesso a uma plataforma exclusiva que visa a facilitar a conexão do aluno com oportunidades em renomadas empresas do mercado.

 

Transformar o mundo por meio da inovação significa levar produtos que potencializam mudanças fundamentais para que empresas, e setores específicos dentro delas, se atualizem em termos de inovação. O reconhecimento da Oracle se expressa numa conquista: pelo terceiro ano consecutivo, a Gartner escolheu o Oracle ERP Cloud como Líder em seu Quadrante Mágico 2019 para Pacotes Principais de Gerenciamento de Finanças de Nuvem para Empresas Médias, Grandes e Globais.

 

Demanda expressiva

Com foco em transformar o mundo empoderando as pessoas, a Oracle também desenvolveu o programa ONE: Oracle Next Education. Nele, a empresa não apenas ensina a programação, sabidamente a profissão do futuro, mas também estimula o desenvolvimento de outras habilidades em alta no mercado, como o empreendedorismo. O programa, que oferece cursos 100% online pelo valor simbólico de apenas 6x de R$16,50, dá acesso a uma plataforma exclusiva que visa a facilitar a conexão do aluno com oportunidades em renomadas empresas do mercado.

 

Gigante do mercado de tecnologia, a Oracle sabe que o profissional do futuro é cada vez mais necessário. Segundo a pesquisa Agile Finance Unleashed: The Key Traits of Digital Finance Leaders, produzida pela Oracle em parceria com a Association of International Certified Professional Accountants (AICPA) e a Chartered Institute of Management Accountants (CIMA), o setor de Finanças, que costuma atuar como um copiloto para a gestão do negócio, precisa de iniciativas capazes de modernizar seus processos e atrair novos profissionais. Entre os Chief Financial Officer (CFOs) entrevistados, apenas 10% dizem que seus times têm as habilidades necessárias para suportar as ambições digitais de suas organizações. Já entre as empresas que já têm times de Finanças atualizados com a inovação, 85% dos líderes digitais dizem que suas equipes criaram experiências digitais expressivas para seus consumidores. É precisamente para proporcionar essa transformação que surgiu o Oracle Next Education: habilitar os profissionais para tirarem o máximo proveito das novas tecnologias – como as proporcionadas pelas soluções de gestão empresarial da Oracle.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais