SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Porto de Vitória pode sediar maior evento de grafite do ES

Porto de Vitória pode sediar maior evento de grafite do ES


Fonte: CODESA (6 de março de 2020 )

O Porto de Vitória poderá ser a sede do 5° Festival Original Graffiti do Espírito Santo, um evento internacional de arte e cultura, conhecido como Origraffes. As tratativas começaram na última quarta-feira (04), em uma reunião, com a presença do organizador do evento cultural, Starley Bonfim e do secretário de Cultura do Estado, Fabrício Noronha, que foram recebidos pelo diretor de Planejamento e Desenvolvimento da CODESA, Bruno Fardin e assessores.

 

De acordo com Starley Bonfim, o objetivo principal do evento, originário do bairro Feu Rosa, na Serra, que é pioneiro em Vitória, é grafitar as fachadas dos cinco armazéns do Porto, com a ideia de revitalizar o Centro da capital. Para isso, a metodologia prevista é inédita no Espírito Santo, pois contaria com três dias e três noites consecutivas de arte, música e outras manifestações culturais. A proposta é atrair mais de 200 artistas, nacionais e internacionais, para fazer parte do festival.

 

Para o Diretor de Planejamento e Desenvolvimento da Codesa, Bruno Fardin, o evento cultural no Porto de Vitória pode embelezar não somente a CODESA, mas a cidade de Vitória. Além disso, o diretor citou exemplos de portos internacionais, como Lisboa e Genht, em Portugal e Bélgica, respectivamente,  que têm seus muros ou armazéns grafitados.

 

Além da revitalização dos armazéns, o evento prevê apresentações de música Hip-Hop, danças e DJ´s.  Outro objetivo é atrair os jovens para o Centro de Vitória: “Nós acreditamos no diálogo que a arte propõe e, a possibilidade de o evento ser no Porto de Vitória, no Centro da cidade, faz com que a integração do público, principalmente dos jovens, seja ainda maior”, explica Starley.

 

Sobre o Festival

O Origraffes, iniciativa desenvolvida pelo coletivo F.G Crew, teve início em Feu Rosa, na Serra, e já contou com quatro edições. Por lá, o evento foi sucesso, levando comunidades inteiras para as ruas do bairro. No primeiro ano, ainda de acordo com Starley, foram 45 artistas grafitando. Em cinco anos, o evento teve uma adesão de 250%.

 

Além do grafite, o evento, quando realizado na Serra, conta com workshops e mais, durante cerca de uma semana.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais