SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Somos todos Porto de Santos

Somos todos Porto de Santos


Fonte: A Tribuna (3 de fevereiro de 2020 )
Ser deputada por Santos e região significa ser deputada do Porto (Divulgação)

 

Até aqueles moradores da região que não conhecem o Porto; que nunca passam pela avenida portuária ou que não têm parentes ou pais que trabalharam no cais, não podem dizer que suas vidas não têm ligação com o Porto de Santos, responsável por 30% do comércio exterior do Brasil.

 

Antes mesmo do dia 2 de fevereiro de 1892, há 128 anos, quando aqui atracou o vapor inglês Nasmyth – considerada a data oficial de inauguração do Porto, a existência de Santos já estava ligada ao que acontecia naquele trecho repleto de trapiches e pontes por onde passavam os carregadores das mercadorias que chegavam ou saíam do Brasil pelo cais improvisado.

 

O fato é que o Brasil, e especialmente Santos, dependem deste Porto que nos alimenta e nos desafia diariamente. Histórias de lutas, riquezas e paixões estão marcadas nas pedras do cais, em nossas almas ou em nossos genes, como eu, filha de estivador.

 

Já cresci ouvindo histórias do Porto contadas pelo meu pai Francisco. A vida de jornalista me fez conhecer e amar ainda mais este cais, acompanhar suas mudanças, as lutas dos seus trabalhadores e ainda conhecer vários portos do mundo.

 

Aceitei o desafio de me candidatar a deputada federal e de abraçar ainda mais de perto a agenda das causas portuárias. Ser deputada por Santos e região significa ser deputada do Porto.

 

Tive a oportunidade de criar e hoje presido a Frente Parlamentar Mista pelo Futuro do Porto de Santos, no Congresso Nacional. Pude me reunir, logo em fevereiro do ano passado, com 9 sindicatos do Porto para ouvir os trabalhadores que atuam no cais.

 

Promovi uma dezena de encontros para tratar da questão do Portus com a categoria. Envolvi, nesta questão, o ministro de Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas; o presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Casemiro Tércio Carvalho, e o presidente da Câmara Federal, o deputado Rodrigo Maia.

 

Depois de muitos debates, os beneficiários do Portus aprovaram medidas para evitar a liquidação do fundo que ajuda mais de 10 mil portuários e suas famílias no Brasil.

 

Recebi uma especialista internacional, Sarah Selleri, que vai implantar um programa para a maior participação das mulheres no mercado de trabalho no Porto de Santos.

 

Outra luta é fazer o Porto ser mais integrado à Cidade, destinando, inclusive, parte do que arrecada com a privatização de seus terminais, para obras de recuperação e melhorias das áreas urbanas afetadas pela atividade portuária.

 

Atuo diariamente pela atração de mais investimentos, ampliação e modernização do complexo portuário. Apresentei PL propondo a extensão dos benefícios do Retroporto para aquisição de máquinas e equipamentos.

 

Defendo a integração Porto-Indústria; a busca de um novo modelo de gestão, com a valorização do Conselho da Atividade Portuária e um amplo debate sobre a privatização, de modo a contemplar todos os segmentos envolvidos, trabalhadores e empresários do setor, sempre com o objetivo de criar empregos e fazer crescer a economia do Brasil, gerando oportunidade às novas gerações. Afinal, tudo passa pelo nosso cais.

 

Neste aniversário de 128 anos de história, temos que admitir: “Somos todos Porto de Santos”.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais