SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Transporte de contêineres por navegação interior registra recorde nos terminais da Wilson Sons no Rio Grande do Sul

Transporte de contêineres por navegação interior registra recorde nos terminais da Wilson Sons no Rio Grande do Sul


Fonte: Portos RS (14 de janeiro de 2020 )

A movimentação de cargas por navegação interior entre Tecon Rio Grande e Contesc (Terminal de Santa Clara), no Rio Grande do Sul, alcançou a marca 2.466 TEU cheios em dezembro, o maior número registrado desde o início da operação, em outubro de 2016.  As principais cargas transportadas foram resinas, madeira e borrachas.

 

“O transporte fluvial vem atraindo muitas empresas da região, por conta das inúmeras vantagens que oferece, como maior eficiência de custos logísticos, redução dos riscos de acidentes e avarias nas cargas, além de menor emissão de gases do efeito estufa”, avalia o diretor-presidente do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti.

 

A maior parte da carga transportada em dezembro foi destinada à exportação e teve como origem as cidades de Triunfo, Taquari e Garibaldi. O Tecon Rio Grande e o Contesc operam integrados e, hoje, duas embarcações realizam quatro viagens semanais entre os dois terminais. A média mensal de movimentação de TEU cheios pelo modal fluvial foi de aproximadamente 2.000 unidades no ano passado.

 

Em 2019, o Contesc completou três anos da reativação do transporte de cargas pelo Rio Jacuí. Desde o início das operações, já movimentou mais de 100 mil TEU (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés). Entre os serviços disponibilizados pelo terminal está a possibilidade de estufar e desovar produtos no armazém, além da estocagem de carga, que pode ser distribuída fracionada ou completa nos seus destinos.

 

Com mais de 20 anos, o Tecon Rio Grande é um dos mais importantes terminais de contêineres da América Latina. Opera as principais linhas de navegação que escalam o país e atende a cerca de três mil importadores e exportadores, tendo se tornado fundamental para o desenvolvimento econômico do estado do Rio Grande do Sul.

 

Sobre o Tecon Rio Grande

O Tecon Rio Grande, no Estado do Rio Grande do Sul, é hoje um dos mais importantes terminais de contêineres da América Latina. Empresa do Grupo Wilson Sons de Comércio Ltda, o Tecon está em atividade no Porto do Rio Grande desde 1997, quando venceu a licitação para administrar o Terminal de contêineres. Neste período, vem operando as principais linhas de navegação que escalam o País. Tem cerca de 3 mil importadores e exportadores, tendo se tornado fundamental para o desenvolvimento econômico do Estado.

 

Sobre o Grupo Wilson Sons

O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, com 180 anos de experiência. A companhia conta com uma rede de atuação nacional e presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica. As principais atividades do Grupo são divididas em dois sistemas – Portuário e logístico e Marítimo.


Mais lidas


  O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo também está patrocinando o Fórum Brasil Export e o Fórum Sudeste Export. Régis Prunzel, Presidente do Sopesp, está motivado com o evento e com as videoconferências que estão sendo realizadas: “Esses eventos virtuais têm antecipado e ampliado a qualidade e quantidade de discussões. Imagina […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais