SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Splenda Offshore assume a administração do Porto de Angra dos Reis

Splenda Offshore assume a administração do Porto de Angra dos Reis


Fonte: Portos e Navios (14 de janeiro de 2020 )

O Terminal Portuário de Angra dos Reis (TPAR) está sob novo controle acionário. A investidora Splenda Offshore, que também controla a operadora Bulkport no Porto do Forno, em Arraial do Cabo, assumiu a administração do TPAR, antes arrendado pela Technip Brasil. Para o diretor geral do terminal portuário, Robson Rangel, a mudança do controle administrativo poderá atrair novos clientes para a operação.

 

Após um período de negociações, a transferência de ações ocorreu dia 30 de dezembro de 2019. O principal projeto é a expansão do porto. Com uma área total de 78 mil metros quadrados, o terminal portuário está localizado no município de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. É um importante centro de logística para apoio de projetos e movimentações de carga. Ao ser questionado sobre a nova aquisição, um dos sócios da Splenda Offshore, Paulo Narcélio, declarou que “estamos motivados com a aquisição e com a certeza de prover serviços de alta qualidade como base portuária de apoio para as embarcações do pré-sal.

 

Com experiência nos setores de óleo e gás e mineração, assim como em outros setores regulados por agências do governo, os executivos da Splenda Offshore pretendem transformar o terminal portuário em base para o mercado offshore.

 

“Estamos confiantes de que o Terminal Portuário de Angra dos Reis (TPAR), agora sob gestão da Splenda Offshore, terá uma nova dinâmica. A Splenda tem um projeto de aproveitamento da localização estratégica de Angra para apoio às plataformas de exploração dos novos poços da Bacia de Santos que fará do TPAR uma importante base de apoio offshore, com novas oportunidades de negócios e de trabalho para Angra dos Reis. Desejamos muito sucesso à Splenda nesse empreendimento, que terá todo o apoio da nossa autoridade portuária para o seu êxito.” disse o diretor de relações com o mercado e planejamento da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CRDJ), Jean Paulo Silva.

 

O terminal portuário conta com novo Conselho de Administração formado pelos executivos Paulo Narcélio Amaral, Leandro Cariello e Luiz Menezes. Já a Nova diretoria é formada por João Paulo Amaral, como diretor de Novos Negócios, Jefferson Martins, CFO, Fábio Portugal, como diretor comercial e Marcos Almeida como diretor de operações.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais