SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Portos utilizados pelo PCC têm recorde de apreensões de cocaína

Portos utilizados pelo PCC têm recorde de apreensões de cocaína


Fonte: UOL (2 de janeiro de 2020 )
Apreendidos em contêiner no porto de Santos, tabletes de cocaína iriam para a Bélgica em meio a carga de café verde. Foto: Divulgação/Receita Federal

A rota do tráfico internacional de cocaína, dominada no Brasil pelo PCC (Primeiro Comando da Capital), começa nas plantações de coca nos países andinos, continua na travessia da droga pelo país —por meios terrestres, fluviais e aéreos— e chega até grandes portos brasileiros. De lá, a cocaína é levada a outros continentes.

 

Garçons e prostitutas ligados à maior facção criminosa do Brasil subornam marinheiros. São eles que levam a droga até contêineres de navios mercantis atracados nos principais portos do país, como os de Santos (SP), Paranaguá (PR), Itajaí (SC), Recife e Salvador, segundo investigações da PF (Polícia Federal).


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais