SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Proposta de Orçamento para 2020 é aprovada

Proposta de Orçamento para 2020 é aprovada


Fonte: Valor Econômico (18 de dezembro de 2019 )
Domingo Neto: relator previu economia de aproximadamente R$ 6 bilhões com a aprovação da PEC do Teto de Gastos — Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Com muita negociação nos bastidores e uma votação rápida no plenário, deputados e senadores aprovaram ontem, em sessão do Congresso Nacional, o Orçamento da União para 2020, concluindo os trabalhos do Poder legislativo no ano.

 

O relator, deputado Domingos Neto (PSD-CE), incluiu em seus cálculos a previsão de uma economia de aproximadamente R$ 6 bilhões com a aprovação proposta de emenda à Constituição que cria gatilhos para a contenção de gastos, como a possibilidade de redução de jornada dos servidores em 25%, com igual redução de salários – a chamada PEC Emergencial. A proposta ainda tramita no Senado e precisará passar pela Câmara, mas Neto, depois de tratar do assunto com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), resolveu bancar a projeção de apro-vação da proposta até junho.

 

O PT contestou a inclusão, durante o debate na Comissão Mista de Orçamento (CMO), mas o colegiado respaldou o relator, que explicou que o montante ficou previsto como despesa condicionada. Assim, se a PEC for chancelada pelo Congresso antes do meio do ano, a destinação do recurso será cumprida. Caso contrário, será preciso que o governo envie projetos de créditos extraordinários.

 

Somada à mudança de recursos de algumas rubricas, o orçamento de despesas discricionárias para vários setores foi alterado: a Saúde teve um acréscimo de R$ 5,5 bilhões; o Desenvolvimento Regional, R$ 8,1 bilhões, a área de Ciência e Tecnologia ganhou um incremento de R$ 3,3 bilhões.

 

Com a diminuição em R$ 3,6 bilhões na projeção de gastos do governo com a Previdência em 2020, para R$ 677,7 bilhões, parte desse dinheiro será usado para reverter a taxação do seguro-desemprego, contida na Medida Provisória Verde e Amarela, voltada à criação de empregos.

 

Pela proposta, a taxação será usada para financiar o programa, mas tem gerado críticas inclusive entre governistas. A equipe econômica estimou em R$ 12 bilhões a arrecadação esperada em 5 anos com a taxação ao seguro-desemprego – algo em torno de R$ 2,4 bilhões ao ano. Neto afirmou que aproximadamente R$ 1,5 bilhão da economia com a Previdência será usada para subsidiar o fundo no próximo ano, já que a tendência é o Congresso retirar dos desempregados esse ônus.

 

Alvo de grande controvérsia, o fundo eleitoral destinado a financiar as eleições municipais de 2020 será de R$ 2 bilhões, tal qual havia encaminhado o governo.

 

Bancadas de 13 partidos haviam articulado o aumento do fundo para R$ 3,8 bilhões. O presidente Jair Bolsonaro, contudo, mandou o recado de que, com tal valor, o fundo seria vetado. Sem acordo, a própria votação do Orçamento estava em risco, o que fez os parlamentares recuarem.

 

O Novo apresentou um destaque para que o fundo fosse ainda menor, de R$ 765 milhões, mas deputados e senadores rejeitaram.

 

O valor total da despesa constante do substitutivo apresentado é de R$ 3,6 trilhões, dos quais R$ 917,1 bilhões referem-se ao refinanciamento da dívida pública. A peça baseia suas projeções fiscais em um ambiente de crescimento econômico que pode atingir 2,3% em 2020 e de inflação medida pelo IPCA de 3,53%. Para o final de 2020, foram consideradas Selic média de 4,4% e taxa de câmbio média de R$ 4.

 

As estimativas de receitas com dividendos pagos à União foram reestimadas, de R$ 6,5 bilhões para R$ 13,5 bilhões. Dessa forma, houve um acréscimo de R$ 7 bilhões nas receitas primárias previstas para 2020.

 

A meta de déficit primário, estabelecida na LDO 2020, é de R$ 124,1 bilhões. O salário mínimo será de R$ 1031. Considerando o valor atual de R$ 998, o reajuste do mínimo é de 3,31%. Em relação às emendas parlamentares, R$ 9,5 bilhões serão usados no atendimento de emendas individuais. Já o valor da reserva para atendimento de emendas de bancada será de R$ 5,9 bilhões. “É uma aprovação histórica, pois é o primeiro Orçamento impositivo do país”, saudou o líder do governo, senador Eduardo Gomes (MDB-TO).


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais