SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   Kawasaki lança primeiro navio transportador de hidrogênio liquefeito do mundo

Kawasaki lança primeiro navio transportador de hidrogênio liquefeito do mundo


Fonte: Portos e Navios (12 de dezembro de 2019 )

A Kawasaki Heavy Industries lançou nesta quarta-feira (11) o casco do primeiro navio desenvolvido para fornecer um meio de transporte de hidrogênio liquefeito a 1/800 do seu volume original de gás, resfriado a –253°C, com segurança e em grandes quantidades por longas distâncias por mar.

 

O estaleiro planeja instalar no navio um tanque de armazenamento de hidrogênio liquefeito com estrutura de casco duplo e isolamento a vácuo de 1.250 metros cúbicos, atualmente em construção na Harima Works. O navio deve ser concluído até o final de 2020.

 

Uma vez concluído, e após os testes, o navio “Suiso Frontier” será utilizado em uma cadeia internacional de fornecimento de energia a hidrogênio a partir do hidrogênio liquefeito produzido na Austrália para envio ao Japão.

 

O hidrogênio está ganhando popularidade como fonte de energia da próxima geração para combater o aquecimento global. Não emite CO2 ou outros gases de efeito estufa durante o uso. Com o objetivo de tornar o hidrogênio uma fonte de combustível tão comum quanto o petróleo e o gás natural, a Kawasaki se uniu em 2016 à Iwatani Corporation (Iwatani), a Shell Japan Limited e a Electric Power Development Co., Ltd. (J-Power) para formar Associação de Pesquisa em Tecnologia da Cadeia de Abastecimento de Energia a Hidrogênio sem CO2 (HySTRA).

 

Esta organização tem buscado desenvolvimento tecnológico para a construção de uma cadeia de suprimento de energia que permita o fornecimento econômico e confiável de hidrogênio em grandes volumes. Além deste navio de hidrogênio liquefeito, um terminal de descarga de hidrogênio liquefeito está sendo construído na cidade de Kobe, na província de Hyogo, e uma instalação de gaseificação de carvão marrom está sendo construída na Austrália.

 

Além disso, um consórcio composto por Kawasaki, Iwatani e J-Power, juntamente com a Marubeni Corporation e a AGL Loy Yang Pty Ltd, foi formado em 2018 para construir uma instalação de refino de gás, liquefação de hidrogênio e terminal de carregamento.

 

A Kawasaki está perseguindo o negócio de hidrogênio como parte de seus esforços em direção aos objetivos de desenvolvimento sustentável, realizando projetos de desenvolvimento em todas as fases, incluindo produção, armazenamento, transporte e utilização. Em 1981, a empresa se tornou a primeira asiática a fabricar um transportador de gás natural liquefeito (GNL).

 


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais