SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Conexão com Canal do Panamá fortalece Suape como hub logístico no Brasil

Conexão com Canal do Panamá fortalece Suape como hub logístico no Brasil


Fonte: Porto de Suape (12 de dezembro de 2019 )
Foto: Eduardo Machado/SEI

A fim de estreitar laços, buscar novas parcerias no comércio marítimo internacional e dar continuidade ao acordo de cooperação técnica assinado entre o Canal do Panamá e o Porto de Suape, em junho, comitiva liderada pelo governador Paulo Câmara está cumprindo uma ampla agenda no Panamá, na América Central, nesta segunda e terça-feira (10 e 11). Acompanhado dos secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico), Rodrigo Novaes (Turismo e Lazer), Eduardo Machado (Imprensa) e do presidente de Suape, Leonardo Cerquinho, a visita reforça as relações do Governo de Pernambuco com a administração pública panamenha e com setores da economia local.

 

Na programação coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e pelo Complexo Industrial Portuário de Suape, está a participação de Pernambuco em três importantes eventos direcionados ao setor logístico portuário: a 13ª edição da Expo Logística Panamá 2019, o China-LAC, e o Brasil Global Connection, promovido pela Câmara de Investimentos e Comércio Brasil-Panamá.

 

O Canal do Panamá é uma das obras mais importantes do mundo para o comércio exterior, pois encurta a comunicação entre os oceanos Atlântico e Pacífico, facilitando as transações entre os continentes asiático e europeu, passando pelas Américas. “Queremos aproveitar essa facilidade e estreitar as relações com esse país, que ocupa uma posição geográfica e comercial estratégica na América Central”, explicou Paulo Câmara.

 

A comitiva foi recebida, ainda, pelo ministro das Relações Exteriores, Alejandro Ferrer, que ressaltou o interesse dos panamenhos em parcerias nas áreas de logística, turismo, cultura e educação. “Um passo decisivo para abrir portas, que vão resultar em oportunidades para os pernambucanos”, observou o governador.

 

“O mundo está passando por um momento de sobra ou excesso de capital, procurando bons projetos, com boa viabilidade e perspectivas de crescimento. E o Governo de Pernambuco sabe bem disso, tem feito um trabalho importante no desenvolvimento da economia do estado nos mercados interno e externo. Se conseguirmos identificar as sinergias que existem no Nordeste com o comércio exterior, que demandam produtos nossos, com certeza conseguiremos viabilizar parcerias, tanto para exportar produtos fabricados aqui como atrair investimentos que podem ser feitos em Pernambuco”, reforçou o secretário Bruno Schwambach.

 

O presidente do Complexo de Suape, Leonardo Cerquinho, acredita que ampliar essa conectividade é uma ação estratégica que pode gerar reflexos positivos para a economia pernambucana. “Suape já atua como hub de granéis líquidos. O futuro Tecon II, em sinergia com o alargamento do canal do Panamá, criará as condições para atuarmos também como porto concentrador de contêineres, com raio de influência em toda a região Norte-Nordeste”, enfatizou.

 

PANORAMA DOS EVENTOS

A 13ª edição do Expo Logística Panamá 2019 conta com mais de 150 empresas entre armadores, operadores logísticos, portos e trading companies de 14 países, para discutir as perspectivas do setor logístico. E pela primeira vez no Panamá, o China-LAC reúne representantes de agências governamentais e do setor privado internacionais com o intuito de fortalecer as relações comerciais entre a China e os países caribenhos e latino americanos. No encontro, são discutidas tendências de desenvolvimento econômico e comercial internacional, políticas de comércio e de investimentos, além de oportunidades de negócios.

 

Nesta quarta-feira (11), a comitiva participa da terceira edição do Brasil Global Connection. Promovida pela Câmara de Investimentos e Comércio Brasil-Panamá, a conferência internacional reúne empresários e representantes de terminais de cargas e portos brasileiros com seus pares panamenhos visando a facilitação de acordos comerciais e consolidação de iniciativas de cooperação. O encontro é focado nos desafios e oportunidades para sinergias entre Brasil, Panamá e China.

 

O debate tem três eixos temáticos: “Importação e exportação: Cargas conteneirizadas, granéis e carga geral”; “Logística: Desafios e Oportunidades”, e “Sinergia Portuária: Brasil e Panamá”. Neste último, o presidente do Complexo de Suape, Leonardo Cerquinho, participa como painelista, junto com Nicolás Vukelja, presidente da Câmara Marítima; Juan Carlos Croston, vice-presidente do Porto Manzanillo, e Mary Carmem Barrios, chefe de Operações Portuárias e de Carga da WW Ocean na América Latina.

 

“Existem empresas interessadas em rotas marítimas mais reduzidas e existe a possibilidade de criarmos essas rotas passando pelo Canal do Panamá em direção ao Porto do Suape. Daí essa necessidade de trabalharmos em conjunto”, afirma Cerquinho.

 

O ACORDO

A expansão do Canal do Panamá foi inaugurada em 26 de junho de 2016 e, desde então, houve um impacto nos padrões de negócios em todo o mundo. O alargamento do Canal mudou a navegação pelas rotas internacionais que ligam o Pacífico, o Atlântico e o Golfo do México, alterando a lógica do tráfego marítimo e atingindo os mercados nas Américas Central e do Sul.

 

No acordo firmado com Suape (com validade de dois anos), as partes se comprometem a empreender iniciativas conjuntas para propagar os benefícios da expansão e da interconexão com o porto pernambucano, além do intercâmbio de informações no desenvolvimento de estratégias de comercialização; realização de estudos conjuntos sobre áreas de interesses; partilha de informações sobre melhorias e/ou esforços de modernização com objetivo de aumentar a demanda ou evolução dos serviços de transporte; além de compartilhar experiências de sustentabilidade.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais