SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Colhido por escravos: café alimenta crise no Brasil

Colhido por escravos: café alimenta crise no Brasil


Fonte: Money Times (12 de dezembro de 2019 )
(Imagem: Reuters/Adriano Machado)

 

Com o fim do período de colheita de café, auditores-fiscais do trabalho se apressaram para chegar a duas extensas plantações de Minas Gerais com um objetivo: resgatar trabalhadores da escravidão.

 

O comboio, escoltado pela Polícia Rodoviária Federal, iniciou a ação bem cedo, numa manhã de agosto, no Estado que cultiva mais da metade dos grãos no Brasil – o maior exportador de café do mundo.

 

Thomson Reuters Foundation acompanhou agentes em uma operação nos campos, à procura de catadores de café agachados em meio a inúmeras fileiras de plantas exuberantes.

 

Os auditores-fiscais sabem que precisam agir rapidamente, pois os capatazes ordenam que os trabalhadores fujam ao primeiro vislumbre de funcionários do governo, e usam o WhatsApp para enviar alertas.

 

No final do dia, eles já tinham inspecionado duas plantações e encontrado 59 trabalhadores – inclusive crianças de 13 anos de idade – todos sem documentos, mal remunerados e sem os equipamentos de segurança exigidos por lei.

 

“Os trabalhadores não tinham direito algum”, afirmou Marcelo Campos, o auditor-fiscal do trabalho que coordenou as operações.

 

Os empregados sabiam que estavam sendo explorados, mas não acreditam que tenham outra opção em um país cuja pobreza cresce a cada dia e os empregos são escassos.

 

“Não tem outro jeito”, disse um deles, recusando-se a se identificar para não perder oportunidade de trabalhar em outra das milhares de plantações do Estado, que abrigam mais de 245.000 trabalhadores.

 


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais