SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Acordo de Indicações Geográficas do Mercosul pode beneficiar proteção da cachaça no bloco

Acordo de Indicações Geográficas do Mercosul pode beneficiar proteção da cachaça no bloco


Fonte: Comex do Brasil (9 de dezembro de 2019 )

São Paulo – o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) comemora o acordo para a Proteção Mútua de Indicações Geográficas (IG) entre os países do Mercosul. Assinado entre uma série de acordos realizados na cúpula de chefes de Estado, que foi encerrada nesta quinta-feira (05), no Rio Grande do Sul, a negociação vai permitir que produtos de um país integrante do bloco sejam mais rapidamente reconhecidos pelos demais estados-partes.

 

De acordo com Carlos Lima, diretor executivo do Instituto Brasileiro da Cachaça – IBRAC, o acordo representa uma evolução significativa na proteção de ativos brasileiros, como a cachaça, um produto genuinamente nacional, cuja história está intrinsecamente ligada à história do Brasil, e que gera mais de 600 mil empregos diretos e indiretos. Em 2018, o Brasil exportou para o Mercosul US$ 2,8 milhões de cachaça, o equivalentes a 2,2 milhões de litros da bebida. (fonte: ComexStat) e o reconhecimento poderá representar mais investimentos na exportação.

 

Primeira indicação geográfica do Brasil, a Cachaça é hoje protegida no Chile, Colômbia, EUA e México e seu reconhecimento já faz parte dos acordos assinados entre o Mercosul e a União Europeia.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais