SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Convênio entre USP e Tribunal de Justiça de SP aumenta eficiência na área jurídica

Convênio entre USP e Tribunal de Justiça de SP aumenta eficiência na área jurídica


Fonte: Governo do Estado de São Paulo (5 de dezembro de 2019 )
Divulgação/USP Imagens

Universidade de São Paulo (USP) e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo firmaram, nesta terça-feira (3), um convênio de cooperação científica e tecnológica para o desenvolvimento de ferramentas computacionais de apoio ao tratamento de dados jurídicos.

 

“O acordo é um marco porque coloca à disposição toda a pesquisa desenvolvida e o conhecimento acumulado pela universidade em benefício do Tribunal de Justiça e da sociedade”, salienta o reitor da USP, Vahan Agopyan.

 

Segundo o documento, serão apoiadas as atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico em inteligência artificial aplicada à ciência de dados da área jurídica, com uso de algoritmos de aprendizagem de máquinas para o desenvolvimento de ferramentas computacionais na análise de documentos ou dados processuais.

 

Na USP, as atividades serão coordenadas pelo vice-diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho, e pelo professor do Instituto de Matemática e Estatística (IME), João Eduardo Ferreira, que também ocupa o cargo de superintendente de Tecnologia da Informação da instituição de ensino.

 

Banco de dados

Entre os principais objetivos estão a criação de um banco de dados analítico com dados indexados a partir de documentos processuais e o desenvolvimento de uma ferramenta computacional baseada em big data para a análise de documentos e o aumento da eficiência da atividade jurisdicional.

 

“Essa celebração é importantíssima para que a Corte exerça sua responsabilidade social junto aos jurisdicionados e à coletividade e, também, para que a Universidade cumpra com a obrigação fundamental de se aproximar da sociedade. É uma parceria de duas das mais tradicionais instituições brasileiras que, agora, juntarão forças de trabalho e conhecimento em prol da população paulista e brasileira”, avalia o presidente do TJ, Manoel de Queiroz Pereira Calças, também professor na Faculdade de Direito da USP.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais