SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Bayard Umbuzeiro Filho: Emprego, o desafio permanece

Bayard Umbuzeiro Filho: Emprego, o desafio permanece


Fonte: TRANSBRASA (21 de novembro de 2019 )
Artigo do advogado, empresário e diretor-presidente da Transbrasa, Bayard Umbuzeiro Filho

O Ministério da Economia divulgou, recentemente, o resultado da expansão dos empregos no Brasil medido pela Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018, com um ligeiro avanço de 0,76% e uma créscimo de 349.525 vagas, na comparação com 2017.

 

No contexto do Estado de São Paulo, a evolução foi ligeiramente maior, de 0,91% e uma expansão de 119.185 empregos, mas, na RM da Baixada Santista, este índice alcançou o patamar de 2,84%, com mais 10.570 vagas.

 

Os números mais recentes dão um pouco de estímulo à economia, porém, é importante notar que o esforço coletivo terá de ser enorme para recuperar as perdas registradas principalmente nos exercícios de 2015 e 2016.

 

Na análise dos últimos quatro anos, por exemplo, o recuo da oferta de empregos atinge a marca de 2.940.395 postos de trabalho perdidos, em todo o território nacional, dos quais nada menos que 29,37% ocorreram no Estado de São Paulo, com a diminuição de 863.636 vagas formais.

 

O nível de desemprego geral também é elevado, com taxas de quase 12% e um universo de mais de 12,6 milhões de desempregados. Além disso, é cada vez maior a pressão dos jovens para o ingresso no mercado, o que implica em estudar o assunto também pelo perfil etário.

 

Nos últimos dez anos, entre 2009 e 2018, revelam as informações da Rais, houve uma mudança no perfil de ocupação da mão de obras.

 

Os jovens entre 18 e 24 anos, por exemplo, tiveram uma queda de representatividade do conjunto de empregos formais, de 18% para apenas 13,9%, enquanto os trabalhadores com idade acima de 50 anos evoluíram sua participação de 13,8%para 18,3%, indicando que o mercado está privilegiando a experiência.

 

Nessa faixa etária entre 18 e 24 anos, o Brasil possui nada menos que 24 milhões de jovens, mas somente 25,6% (ou 6 milhões de pessoas) têm acesso efetivo ao mercado formal de trabalho, fato que dificulta a ampliação da renda familiar.

 

Nestes últimos dez anos, as estatísticas de empregos indicam níveis de evolução de vagas. Em nível nacional, a taxa de expansão foi de 13,16%, no universo do Estado de São Paulo atingiu 9,67% e, na RM da Baixada Santista, observou-se um acréscimo de 10,48%, ou 36.317 novas oportunidades fixas.

 

Há alguns meses, um grupo de universidades locais lançou o movimento Inova Baixada Santista, com o objetivo de promover diagnósticos setoriais visando promover o desenvolvimento econômico regional, de modo que é grande a expectativa em torno dos resultados desses estudos.

 

Ainda não se tem conhecimento do banco de informações colhidas nesses levantamentos de dados, mas é imprescindível que os detalhes analíticos fornecidos pela Rais sejam devidamente observados no conjunto de ofertas de empregos por setor de atividades.

 

De acordo com as informações da Rais de 2018, o principal empregador da região é o setor de serviços, com uma participação de 53,89% (ou 206.272 empregos), seguido do comércio, com 21,86% (83.686 vagas), administração pública, com 13,72% (52.512 servidores),construção civil, com 4,39% (16.792 oportunidades), e indústria, com 4,02% (15.406 funcionários).

 

Esse tipo de informação desmembrada permite uma avaliação mais aprofundada e também a busca de soluções mais compatíveis com a realidade regional.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais