SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Grupo de Trabalho se reúne para debater alternativas de desenvolvimento do Porto de Imbituba

Grupo de Trabalho se reúne para debater alternativas de desenvolvimento do Porto de Imbituba


Fonte: Porto de Imbituba (18 de novembro de 2019 )
SCPar Porto de Imbituba

 

Na última terça-feira, 12, ocorreu a 4ª reunião do Grupo de Trabalho para o desenvolvimento do Porto de Imbituba. Formado por representantes da Autoridade Portuária, da SCPAR Holding e das Associações Empresariais de Criciúma, Tubarão, Imbituba e Vale do Braço do Norte, o grupo debateu alternativas para atração de novas cargas de contêiner e novas linhas de navegação para o Porto. Também participaram do encontro representantes da Secretária de Estado da Fazenda e da empresa Santos Brasil Participações, arrendatária e operadora dos Terminais de Contêineres (Tecon) e Carga Geral (TCG) do Porto de Imbituba.

 

Mauricio Brasiliense, coordenador do Tecon e do TCG, apresentou dados sobre o desempenho da cabotagem no Porto de Imbituba e destacou o crescimento de 27% na movimentação de contêineres e de 36% na movimentação de Cargas Gerais, quando comparado ao volume movimentado de janeiro a outubro de 2018.

 

O incremento na movimentação conteinerizada inclui uma parcela de contêineres com o início e conclusão de trânsito internacional por Imbituba, permitindo ao Importador e Exportador da região movimentar suas cargas através da linha de cabotagem. Nestes casos, ocorre o transbordo da carga em outros Portos nacionais, conectando Imbituba com as principais rotas marítimas mundiais.

 

“Atualmente, o transporte terrestre representa um custo superior em aproximadamente 30%, quando comparado com a navegação de cabotagem. Há um enorme potencial de cargas na região. As taxas de crescimento apresentadas mostram a atratividade pela utilização da navegação de cabotagem e o quanto podemos crescer nos próximos anos”, apontou Mauricio.

 

Durante o encontro, os participantes ressaltaram a necessidade de articulação conjunta entre as organizações para viabilizar as ideias trazidas nas reuniões e alcançar resultados concretos. Neste sentido, será criado um plano de trabalho, com objetivos, metas e prazos definidos.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais