SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   VLI assina termo da ONU Mulheres

VLI assina termo da ONU Mulheres


Fonte: Portos e Navios (30 de outubro de 2019 )

A VLI passa a integrar o grupo de empresas signatárias dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, uma iniciativa da ONU Mulheres para orientar empresas no mundo inteiro na promoção práticas que visam o empoderamento feminino. A VLI assinou o termo de adesão durante a 19ª Conferência Datagro, em São Paulo, nesta terça-feira (29).

 

Com mais de 7,5 mil profissionais e um público majoritariamente formado por homens, a VLI vem desenvolvendo uma série de ações para a promoção da equidade de gênero, focada na conscientização dos empregados, empoderamento feminino e construção de um ambiente cada vez mais inclusivo. O estabelecimento de uma meta de contratação mínima de mulheres, o programa de mentoria para lideranças femininas da companhia, a ampliação da licença maternidade para seis meses são alguns exemplos desse trabalho.

 

Para Rute Araújo, diretora de Gente e Serviços da VLI, a companhia está alinhada com uma demanda da sociedade por uma visão mais inclusiva e esse é um norteador do negócio. “O nosso projeto de equidade de gênero pretende vai aumentar o número de mulheres na companhia e reconhecer os talentos femininos. Estamos alinhados aos princípios estabelecidos pela ONU Mulheres e apostamos nisso como forma de contribuir para o desenvolvimento mais sustentável e com os resultados da empresa”, aponta.

 

“Nossa adesão reflete um movimento interno nessa direção. Queremos sinalizar para nossos profissionais, pessoas que podem vir a fazer parte do nosso time e o mercado o compromisso com o tema”, destaca Fabiano Lorenzi, diretor comercial da VLI que também participou do evento.

 

Os princípios de empoderamento das mulheres segundo a ONU

1. Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível.

2. Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação.

3. Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa.

4. Promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres.

5. Apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing.

6. Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social.

7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais