SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Deputado solicita novas audiências públicas para debater pedágios na Baixada Santista

Deputado solicita novas audiências públicas para debater pedágios na Baixada Santista


Fonte: A Tribuna (25 de outubro de 2019 )
Deputado pede maior debate sobre a instalação de praças de pedágio na região (Reprodução/Google Maps)

O deputado estadual Tenente Coimbra (PSL) encaminhou um requerimento à Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para que sejam realizadas novas audiências públicas sobre a concessão de rodovias, que ligam o Litoral Sul ao Vale do Riberia, para a iniciativa privada e a consequente criação de praças de pedágio na região.

 

O palarmentar é membro da Comissão de Transportes e Comunicações da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Ele deseja que a Artesp promova estas audiências para debater junto à sociedade a concessão do lote de rodovias do litoral paulista.

 

“O problema é que a agência não deu a devida publicidade a essa audiência, que ocorreu em um horário em que a maioria das pessoas está trabalhando. Para ter uma efetiva participação da sociedade, é preciso divulgar melhor a audiência e fazê-la em um horário em que os moradores possam comparecer”, afirmou o deputado.

Na última quarta-feira (23), uma audiência sobre o tema que seria realizada Artesp, em Itanhaém, foi interrompida após um tumulto. Manifestantes que estavam no local protestaram contra a implantação de pedágios anunciados em projeto pela concessionária.

 

Com o processo de concessão da administração à iniciativa privada, trechos das rodovias SP-98 (Mogi-Bertioga), SP-88 (Pedro Eroles) e SP-55 (Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni/Rio-Santos) devem ganhar quatro praças de pedágio.

 

“A população de São Paulo e da Baixada Santista está cansada de pagar pedágios e não ter um atendimento compatível com o valor pago. Precisamos conferir quais serão os termos dessa concessão e se, de fato, ela atende à demanda por melhorias nessas rodovias sem trazer grandes prejuízos para os motoristas”, completou Coimbra.

No requerimento enviado à Artesp, o parlamentar questionou se, conforme as informações divulgadas, o projeto só ficará disponível para consulta pública no site da agência após o fim das audiências e indaga por qual razão o projeto de concessão não é disponibilizado com antecedência.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais