SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   60% dos melhores CEOs de 2019 não possuem MBA

60% dos melhores CEOs de 2019 não possuem MBA


Fonte: Valor Econômico (25 de outubro de 2019 )

Na lista dos 100 melhores CEOs do mundo em 2019 elaborada pela Harvard Business Review, os dois primeiros colocados comandam empresas de tecnologia, vieram de posições internas e trabalham nos Estados Unidos. Há, porém, um fator extra que une Jensen Huang, CEO da NVIDIA, a Marc Benioff, CEO da Salesforce: nenhum deles possui um MBA. Eles não os únicos. Mais de 60% da lista dos executivos deste ano é formada por executivos que chegaram ao topo das empresas sem ter cursado um dos programas mais clássicos do ensino executivo. Das quatro mulheres que figuram entre os CEOs deste ano, apenas uma cursou um MBA.

 

A maioria dos presidentes que figuram na lista deste ano chegou ao cargo vindo de posições internas – apenas 14 dos 100 foram recrutados fora das organizações. Na média, os CEOs têm 45 anos de idade e trabalham na empresa há 15 anos. Nenhum brasileiro foi indicado este ano. No ano passado, Carlos Brito, CEO da ABInbev figurava na 33ª posição e Renato Alves Vale, da CCR, estava em 92º.

 

Desde 2015, os critérios de avaliação da escola para selecionar os melhores CEOs não estão restrito a indicadores financeiros ou de performance. Neste ano, porém, a parte da pontuação que inclui questões ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) – passou a valer mais, aumentando seu peso de 20% para 30% da pontuação de cada um.

 

Essa mudança, segundo a HBR, impactou de forma mais significativa um CEO em particular. Considerado apenas o critério financeiro Jeff Bezos lideraria a lista desde 2014 mas, agora, não conseguiu sequer estar entre os 100 colocados pela baixa pontuação que a Amazon ganhou em ESG – reflexo de suas políticas de emprego, de segurança de dados e posicionamento em questões antitruste.

 

Além de Huang e Benioff, completam o top dez deste ano François-Henri Pinault (Kering) Richard Templeton (Texas Instruments) Ignacio Galán (Iberdrola), Shantanu Narayen (Adobe), Ajay Banga (Mastercard), Johan Thijs (KBC), Satya Nadella (Microsoft) e Bernard Arnaut (LVMH).


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais