SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Representantes das forças armadas de três países visitam o Porto

Representantes das forças armadas de três países visitam o Porto


Fonte: Portos do Paraná (24 de outubro de 2019 )

Uma comitiva de Adidos Navais do Chile, Estados Unidos e México esteve no Porto de Paranaguá, nesta quarta-feira (23). Os cinco oficiais das Forças Armadas dos três países foram recebidos pelo chefe da Unidade Administrativa de Segurança Portuária (UASP), major César Kamakawa.

 

Aos visitantes, o responsável pela UASP apresentou detalhes sobre a segurança na área pública do Portos de Paranaguá. “O grupo de integrantes das forças armadas dos três países veio conhecer um pouco da segurança portuária orgânica, que tem reflexo na segurança internacional”, comenta o major.

 

Ainda segundo Kamakawa, a estrutura e a organização da segurança dessa importante fronteira, que é o Porto, impressionou os visitantes – que além da palestra também visitaram o cais.

 

“O trabalho de segurança nos Portos do Paraná está muito bem conectado com o trabalho dos demais órgãos como Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Militar, Guarda Municipal. Vejo que esse grupo que nos visita também está buscando ampliar essa integração do órgãos de segurança em seus países”, completa o chefe da UASP.

 

O representante do grupo, Comandante Benedict Clarck, da Marinha dos Estados Unidos (EUA), explica que faz parte do trabalho deles, enquanto agentes de segurança, aprender sobre a Marinha brasileira e todas as áreas em que atuam, o que incluem os portos.

“A segurança nos portos é parte importante da nossa segurança também, da segurança do nosso Comércio Exterior. Isso diz respeito a todas as nossas forças armadas, por isso temos que conhecer e aprender mais sobre as condições de segurança nos Portos do Brasil, o que inclui Paranaguá, o segundo maior porto do país, um porto muito importante”, afirma Clarck.

 

 

O representante da Marinha norte-americana ainda se disse impressionado com a organização e ocupação dos espaços, no Porto de Paranaguá, e com a conexão que a segurança portuária tem com a Marinha (Capitania dos Portos do Paraná) e demais agentes de segurança. “É muito interessante esse trabalho de cooperação e como os órgãos de segurança trabalham integrados: o Porto, a Marinha, a polícia local”, pontua.

 

Além do comandante Clarck, integravam a comitiva o tenente Coronel Miguel Gonzales (ajudante de adido do Exército dos EUA) e os comandantes Filip Capistrano (da Guarda Costeira, EUA), Edgardo Acevedo (Adido de Defesa do Chile) e Arturo Garcia (México).

 

Pela manhã, o grupo esteve na Capitania dos Portos. Antes de visitar o Porto de Paranaguá, eles estiveram no Porto de Santos. A comitiva retorna para Brasília, onde são lotados, ainda nesta quarta-feira (23).


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais