SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Exportação lenta de grãos afeta demanda logística nos EUA

Exportação lenta de grãos afeta demanda logística nos EUA


Fonte: Portos e Navios (16 de outubro de 2019 )

Os transportadores de grãos, em sua maioria, estão experimentando um melhor desempenho do frete ferroviário e taxas mais baixas, devido em grande parte à demanda reduzida no sistema ferroviário. Enquanto isso, as taxas de frete marítimo subiram, apesar da redução das exportações de grãos nos Estados Unidos. E o volume de caminhões, embora não seja principalmente para grãos, variou muito conforme o setor, devido ao excesso de capacidade adicionada em 2018.

 

“De acordo com dados de desempenho do Surface Transportation Board (STB), o serviço ferroviário melhorou em comparação com o início do ano e os anos anteriores”, disse o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em seu relatório de transporte de grãos. “As ferrovias movimentaram menos grãos em relação ao ano passado, e as taxas no mercado de leilões secundários foram correspondentemente baixas”, completa.

 

Os embarques ferroviários atingiram o pico em meados de maio e permaneceram abaixo da média desde que, com junho, julho e agosto, queda de 5% em relação aos mesmos meses do ano passado, informou o USDA. No acumulado do ano, as entregas de grãos ferroviários aos portos para exportação totalizaram 277.492 carregamentos até 18 de setembro, queda de 11% em relação ao mesmo período do ano passado, embora as entregas para portos específicos tenham apresentado resultados mistos.

 

As entregas de grãos ao noroeste do Pacífico com 187.540 cargas caíram 23% em relação ao ano anterior, refletindo a redução das exportações de grãos (principalmente soja) para a China, com remessas para os portos do Atlântico e da costa leste com 13.417 cargas, 9% abaixo, para o Golfo do Texas em 41.949 cargas, um aumento de 10%, e no Golfo do Mississippi, com 34.586 cargas, um aumento de 116%.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais