SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Movimentação de granel líquido tem alta de 70% no Porto do Pecém

Movimentação de granel líquido tem alta de 70% no Porto do Pecém


Fonte: Governo do Estado do Ceará (15 de outubro de 2019 )
DCIM100MEDIADJI_0130.JPG

Os nove primeiros meses de 2019 foram positivos para as operações realizadas no píer 2 do Porto do Pecém, onde está localizado o Terminal de Regaseificação do Pecém – o primeiro terminal flexível de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) no Brasil.

 

De janeiro a setembro desse ano foram movimentadas 405.376 toneladas desse tipo de granel líquido. O número é 70% maior que o registrado no mesmo período de 2018.

 

“O crescimento é explicado pela reativação da Termofortaleza, que no ano passado havia suspendido suas atividades. Como essa térmica é uma grande consumidora de gás, naturalmente aumentou a movimentação desse tipo de granel líquido no Porto do Pecém”, diz Hugo Figueirêdo, Diretor-Presidente da Cegás.

 

O Terminal de GNL do Pecém consiste em um navio ancorado no píer 2 do Porto do Pecém, com um tanque criogênico que armazena o gás natural na forma líquida, a temperaturas inferiores a -160º C.

 

O volume armazenado corresponde a 80 milhões de m³ em estado gasoso, equivalente a uma compressão de mais de 600 vezes do seu volume líquido. O navio ancorado é constantemente abastecido por outros navios em trânsito, por meio de uma transferência de carga líquida.

 

“O nosso píer 2, desde a sua concepção, foi especialmente projetado para a operação de granéis líquidos. Em 2009 passamos a dedicar os dois berços desse píer para a operação exclusiva do GNL. Portanto estamos completando dez anos de operação desse tipo de granel líquido no Porto do Pecém”, diz Danilo Serpa, presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

 

Em 2019 o terminal portuário cearense já recebeu navios-tanque de GNL procedentes de portos dos Estados Unidos; Noruega; Nigéria; República de Camarões; e Argentina.

 

O primeiro terminal flexível de regaseificação de gás natural liquefeito no Brasil tem a capacidade de transferir até 7 milhões de m³/dia de gás natural para o Gasoduto Guamaré-Pecém (Gasfor), que por sua vez se interliga a três termoelétricas: duas no Ceará (Termofortaleza e Termoceará) e uma no Rio Grande do Norte (Termoaçu).


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais