SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Codeba é destaque nacional no Índice de Desempenho Ambiental

Codeba é destaque nacional no Índice de Desempenho Ambiental


Fonte: CODEBA (3 de outubro de 2019 )

Os portos administrados pela Codeba (Salvador, Ilhéus e Aratu-Candeias) subiram 161% no Índice de Desempenho Ambiental (IDA) da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Os dados divulgados pela Antaq, evidenciam o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Companhia.

 

Dos quatro portos públicos que tiveram os maiores saltos de desempenho no estudo, em comparação com 2017, os da Bahia tiveram destaque e ocupam três lugares. O Porto de Ilhéus avançou de 42,43 pontos para 68,63 (+62%), enquanto que o Porto de Aratu passou de 40,81 para 58,72 (+44%) e Porto de Salvador foi de 48,41 para 62,62 pontos (+55%).

 

O diretor-presidente da Codeba, Alex Sandro de Ávila, atribuiu esse aumento aos diversos programas ambientas realizados pela Codeba, a exemplo do “Escola Vai ao Porto” (quando estudantes realizam visitas técnicas nos terminais portuários baianos), Semana de Meio Ambiente, gerenciamento de resíduos perigosos, além de outras medidas sustentáveis.

 

“Além de todas essas ações, que são desenvolvidas pelo nosso Núcleo Ambiental e de Segurança e Saúde do Trabalho (Nasst), implementamos planos e controles de emergência, de modo que atualmente temos empresas de prontidão para atender a qualquer tipo de situação inesperada”, revela Ávila.

 

Essas medidas vieram após a contratação de novos profissionais, como biólogos, engenheiros e técnicos ambientais e de segurança do trabalho, no último concurso realizado pela Companhia, em 2016. “Temos uma preocupação muito grande com a gestão ambiental portuária, por isso estamos avançando no monitoramento do ar e do oceano nos três portos, para que futuramente estejamos com números ainda melhores”, finalizou o presidente.

 
Índice de Desempenho Ambiental

Para o gerente de Meio Ambiente da ANTAQ, Marcos Maia Porto, os dados mostram uma evolução no atendimento das conformidades ambientais pelos portos públicos. “Dos 31 portos públicos avaliados, 17 apresentaram variação positiva em relação ao levantamento anterior. Já entre os terminais privados, apenas 21 mostraram evolução na comparação 2018/2017”, informou.

 

Além do ranking, o índice IDA permite acompanhar a evolução do atendimento das conformidades ambientais ao longo dos anos em uma mesma instalação. A ferramenta também possibilita ao governo diagnosticar lacunas regulatórias, a eficiência ou a necessidade de implementação de novas políticas para o setor portuário, no que diz respeito à gestão ambiental portuária, medidas de segurança das operações e de acompanhamento socioambientais diversos existentes nos processos de licenciamento dos portos.

 

A lista completa das instalações avaliadas em 2018, bem como a metodologia de composição do índice e de ponderação dos pesos distribuídos a cada um dos indicadores que integram o IDA estão disponibilizadas no portal da ANTAQ, no link (http://web.antaq.gov.br/ResultadosIda).


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais