SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Implantação do módulo de operações portuárias do Porto de Natal

Implantação do módulo de operações portuárias do Porto de Natal


Fonte: CODERN (26 de setembro de 2019 )

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) está desenvolvendo uma ação integrada de Tecnologia da Informação para dar suporte às atividades de gestão administrativa e portuária, através do Sistema de Gestão Administrativa e Portuária (SIGAP).

 

O Módulo de Operações contempla todos os atores envolvidos no processo de movimentação de cargas do Porto de Natal, desde a criação do pedido de entrada de carga pelos usuários, através do Formulário Único de Entrada e Saída de Carga, passando pela Guarda Portuária, Fieis de Armazém, Portuários, Funcionários da Operação, até a disponibilidade dos serviços solicitados ao Setor de Faturamento da Companhia.

 

Na Condição de Autoridade Portuária do Estado do Rio Grande do Norte, a CODERN informa que a partir de 21 de outubro de 2019, as entradas e saídas de cargas, no Porto de Natal, devem ser solicitadas eletronicamente pelo SIGAP.

 

Clique Aqui – Carta aos Usuários do Porto de Natal

Clique Aqui – Formulário de Credenciamento do Usuário do Sistema

Clique Aqui – Formulário de Credenciamento da Empresa

Clique Aqui – Fluxograma da Operação Portuária

 


Mais lidas


Conheça um pouco sobre a trajetória e o trabalho exercido pelos advogados de nossas associadas - Vivian Carvalho, gerente jurídico e compliance da Brasil Terminal Portuário e Leandro Fernandes, gerente jurídico do Terminal 12A. Pelo SOPESP, nossa Relações Institucionais, Marcelli Mello e nossa Assessora Jurídica, Gislaine Heredia.

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais