SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Suíça ABB cria tecnologia para navio movido a hidrogênio

Suíça ABB cria tecnologia para navio movido a hidrogênio


Fonte: Exame (20 de setembro de 2019 )
Sustentabilidade: ABB cria solução de energia para navio e pretende zerar a poluição emitida por gases (ABB/Divulgação)

São Paulo – A empresa ABB, multinacional especializada em tecnologias de energia e automação, desenvolveu uma solução de energia para fazer embarcações fluviais funcionarem por hidrogênio. A companhia, que tem sede em Zurique, na Suíça, criou uma solução de propulsão e energia com base em células combustíveis para um navio que trafega pelas águas do rio Ródano, que possui a nascente na França e termina na Suíça, passando por cidades como Lyon, Sion, Genebra e Valença.

 

A embarcação será utilizada pela sua subsidiária, a empresa Compagnie Fluviale de Transport (CFT), que tem sede na França. A iniciativa Flagships, da qual a ABB faz parte, que é financiada pela União Europeia, pretende diminuir a emissão de gases para o meio ambiente. A intenção é reduzir para 0 a emissão e fazer com que as operações marítimas no local não prejudiquem o ecossistema.

 

Matthieu Blanc, presidente da CFT, disse que o projeto é indispensável para diminuir a poluição gerada pelas vias marítimas na Europa. “A CFT tem sido inovadora em vias fluviais há mais de meio século. Potencializar o transporte fluvial de forma sustentável é um novo tipo de desafio, mas tornou-se vital reduzir as emissões nas vias fluviais da Europa, e especialmente nos centros das cidades. Com este projeto, pretendemos destacar que a operação livre de emissões é possível e comercialmente viável”, informou Blanc, em nota.

 

Com isso, a ABB assume um papel ativo na iniciativa Flagships e auxilia na modernização da mobilidade elétrica em meios aquáticos. Para funcionar, o sistema de célula de combustível é instalado no navio e a operação começa a ser realizada quase que instantaneamente. Dessa forma, os procedimentos de reabastecimento serão extremamente importantes e deverão acontecer de maneira rápida, para que o navio funcione corretamente.

 

A motivação para a mudança no combustível é o fato de, segundo a ABB, o transporte por meios marítimos ser responsável por cerca de 940 milhões de toneladas de gás carbônico emitidos a cada ano. As células de combustível são consideradas uma grande e positiva mudança para o meio ambiente, sendo considerada uma das soluções sustentáveis mais promissoras – com o uso destas, o combustível é convertido de maneira direta em eletricidade, calor e água.


Mais lidas


Trabalhar no Porto de Santos é o sonho de muitos estudantes e profissionais. Oportunidades não faltam! Afinal, são várias empresas que atuam nos quase 8 milhões de m² do maior porto da América Latina.   Com toda essa estrutura, logística e evolução tecnológica, as empresas vêm exigindo cada vez mais profissionais altamente qualificados e capacitados. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais