SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Algodão: safra 2018/19 deve consolidar Brasil como 2º maior exportador mundial

Algodão: safra 2018/19 deve consolidar Brasil como 2º maior exportador mundial


Fonte: Isto é dinheiro (18 de setembro de 2019 )

O banco de investimentos Rabobank elevou a sua estimativa para a produção brasileira de algodão de 2,6 milhões para 2,7 milhões de toneladas no ciclo 2018/19. A revisão integra o relatório trimestral de perspectiva para as commodities agrícolas do banco.

 

Com a colheita recorde, informa o Rabobank, as vendas externas do País também devem registrar crescimento expressivo. “Impulsionadas por esse elevado volume, taxa de câmbio e o quadro de guerra comercial entre chineses e americanos, as exportações brasileiras devem ser as maiores da história – estimadas em 1,5 milhão de toneladas nesse ciclo -, consolidando o País como o segundo principal exportador mundial, atrás apenas dos Estados Unidos”, projeta a instituição financeira no documento.

 

Na avaliação do banco, com a previsão de recorde de exportações, o principal desafio do setor será a logística para escoar a produção. Segundo o banco, entre as alternativas para os exportadores estão o alongamento da janela de embarques do Porto de Santos, no litoral paulista, e testes de envio pelos portos do Arco Norte, na Região Norte do País.

 

Para a safra 2019/20, o Rabobank considera que o recuo nos preços internacionais da pluma, negociados na Bolsa de Nova York (ICE Futures US), pode limitar o cultivo da fibra no Brasil e interromper a sequência de expansão de área observada nas duas últimas temporadas. “Em setembro/2018, os contratos futuros para dezembro/2019 estavam em patamares de US$ 0,78/libra-peso. Olhando para a próxima safra 2019/20, as cotações no mercado futuro para dezembro/2020 estão próximas de US$ 0,60/lp”, explica o banco. Ainda segundo a instituição financeira, a valorização do dólar ante o real tem sido o único fator a limitar quedas mais acentuadas nas cotações do algodão brasileiro, por tornar as exportações mais atraentes.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais