SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Empresários conhecem pesquisas e visitam empresas de tecnologia ligadas ao setor portuário nos EUA

Empresários conhecem pesquisas e visitam empresas de tecnologia ligadas ao setor portuário nos EUA


Fonte: G1 (16 de setembro de 2019 )
Comitiva conheceu pesquisas e visitaram empresas no Texas, nos EUA — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Empresários do setor portuário de Santos, no litoral de São Paulo, participaram do terceiro dia de visitas técnicas no estado do Texas, nos Estados Unidos. Eles visitaram a Universidade do Texas e empresas de tecnologia.

 

A viagem complementa a programação do Porto & Mar – Seminário A Tribuna para o Desenvolvimento do Porto de Santos, realizado pelo Grupo Tribuna em junho, em Santos.

 

Nesta quinta-feira (12), empresários foram para Austin, a capital do Texas. Lá, eles tiveram a oportunidade de conhecer as pesquisas que estão sendo desenvolvidas pela Universidade do Texas, especialmente, ligadas à área de hidrodinâmica e à movimentação de sedimentação do canal de navegação de Houston.

 

Na parte da tarde, eles visitaram uma startup que trabalha com a tecnologia blockchain, que permite trabalhar com uma grande quantidade de volume de dados, agilidade e redução de custos. Depois, a comitiva visitou a IBM, que desenvolve um projeto com as principais armadoras locais.

 

“Hoje, a atividade portuária é de alta tecnologia, quer você trabalhe com cabotagem, transporte de cargas dentro do país, através dos portos, ou com comércio internacional. Os Estados Unidos e, pontualmente, o Texas, mostra exatamente como apoiar os seus portos, a sua operação de transporte com tecnologia”, disse o editor Leopoldo Figueiredo, de A Tribuna.

 

Comitiva conheceu pesquisas e visitaram empresas no Texas, nos EUA — Foto: Reprodução/TV Tribuna

Para ele, as visitas no continente americano mostraram à comitiva que é essencial utilizar novas tecnologias e investir em infraestrutura para garantir a expansão do setor portuário.

 

“Houston conta com acessos ferroviários e rodoviários com uma quantidade suficiente para sua movimentação e, também, tem autoridades na sua administração que querem desenvolver negócios. A autoridade portuária não pode ser apenas aquela que administra o porto, ela é aquela que fomenta negócios para aquela região econômica”, disse Figueiredo.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais