SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Rússia construirá 17 navios-tanque quebra-gelo para transportar GNL na rota marítima do Ártico

Rússia construirá 17 navios-tanque quebra-gelo para transportar GNL na rota marítima do Ártico


Fonte: Mundo Marítimo (9 de setembro de 2019 )

Sovcomflot e Novatek assinaram um acordo para estabelecer formalmente uma nova joint venture (união de duas ou mais empresas já existentes com o objetivo de iniciar ou realizar uma atividade econômica comum), um evento que ocorreu no contexto do Fórum Econômico Oriental, realizado esta semana em Vladivostok, na Rússia, informou a News Front .

 

A nova empresa liderará o desenvolvimento técnico de uma frota de 17 navios-tanque quebra-gelo. Além disso, a nova empresa será a armadora oficial dos navios e a operadora, fornecendo financiamento para sua construção, de acordo com representantes da Sovcomflot.

 

A frota de navios-tanque de GNL será totalmente fabricada na Rússia e navegará sob a bandeira russa nas águas do Ártico.

 

As 17 unidades serão construídas em Zvezda, o grande e novo estaleiro desenvolvido pela Rosneft, para o qual estabeleceu um acordo com a construtora naval sul-coreana Samsung Heavy Industries.

 

Segundo a Rosneft, o acordo faz da empresa sul-coreana um parceiro tecnológico essencial do projeto e fornecerá aos estaleiros russos as especificações técnicas e a documentação do projeto necessária para o desenvolvimento da frota.

 

Todos os navios terão os melhores padrões de gelo Arc7 e serão construídos no novo estaleiro Zvezda. Espera-se que os navios sejam entregues entre 2023 e 2026.

 

Joint venture

De acordo com o líder da Sovcomflot, Sergey Frank, uma joint venture é o melhor caminho a seguir, considerando a complexidade do projeto. “Dada a intensidade de capital e a duração do projeto, a necessidade de consolidar recursos financeiros, potenciais de construção, o uso de novas tecnologias e a experiência do gerenciamento de frotas em condições climáticas adversas e de gelo, é preferível o estabelecimento de uma joint venture ”, afirmou ele.

 

Segundo a empresa, os novos navios serão tecnicamente diferentes dos navios-tanque construídos para o projeto de Yamal LNG. Os cascos terão uma forma diferente, que eles relataram que melhorarão as capacidades operacionais dos navios nas águas rasas da Baía de Ob e no gelo espesso do Ártico Oriental da Rússia.

 

Os navios-tanque que atualmente servem o projeto Yamal LNG foram construídos pela Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering (DSME). Estima-se que a frota Yamal terá um total de 15 navios até o final de 2019. Agora, essa frota está navegando entre o terminal de GNL Sabetta e os mercados da Europa e Ásia. A Sovcomflot possui e opera apenas um dos navios de Yamal, o “Christophe de Margerie”.

 

Projeto LNG 2 do Ártico

Os navios a serem construídos atenderão ao Ártico LNG 2, o principal projeto de gás natural que a Novatek e seus parceiros estão atualmente desenvolvendo.

 

Por sua parte, o líder da Novatek, Leonid Mikhelson, destacou a necessidade de esforços consolidados no desenvolvimento da Rota Marítima do Norte: “O modelo eficiente para o transporte marítimo de GNL do Ártico russo aos principais mercados internacionais através de a Rota do Mar do Norte apóia o desenvolvimento bem-sucedido de projetos de GNL no Ártico da Novatek e nos permite cumprir a meta do presidente de aumentar as remessas de mercadorias nessa rota para 80 milhões de toneladas em 2024 ”, disse ele.


Mais lidas


Trabalhar no Porto de Santos é o sonho de muitos estudantes e profissionais. Oportunidades não faltam! Afinal, são várias empresas que atuam nos quase 8 milhões de m² do maior porto da América Latina.   Com toda essa estrutura, logística e evolução tecnológica, as empresas vêm exigindo cada vez mais profissionais altamente qualificados e capacitados. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais