SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   China habilita 25 estabelecimentos do Brasil para exportações de carne, diz governo

China habilita 25 estabelecimentos do Brasil para exportações de carne, diz governo


Fonte: Reuters (9 de setembro de 2019 )

BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério da Agricultura do Brasil informou nesta segunda-feira ter recebido comunicação sobre a liberação de 25 novos estabelecimentos do país para exportações de carnes ao mercado chinês.

 

As autorizações envolvem unidades de empresas como BRF, Marfrig e Minerva, segundo comunicados das empresas ao mercado e informações do governo.

 

As ações das empresas operavam em alta após a notícia— os papéis da Minerva avançavam 5% por volta das 10:52, enquanto Marfrig subia 3% e BRF tinha ganhos de 2,89%, contra alta de 0,64% no índice Ibovespa.

“Dos novos estabelecimentos habilitados, 17 são produtores de carne bovina, seis de frango, um de porco e um de asinino. As empresas já podem exportar imediatamente”, afirmou o Ministério da Agricultura.

 

Entre as unidades liberadas estão duas da Minerva, em Rolim de Moura (RO) e Palmeira de Goiás (GO), e duas da Marfrig, em Várzea Grande (MT) e Barra dos Bugres (MT) que produzem carne bovina; além da planta Lucas do Rio Verde (MT), da BRF, autorizada a exportar carne de suínos e de frango.

 

Aparecem ainda em lista divulgada pelo ministério empresas como Frigorífico Redentor, Masterboi, Naturafrig Alimentos e outras.

As autorizações ocorrem em momento em que as exportações de carnes do Brasil registram um 2019 positivo, impulsionadas especialmente pela forte demanda da China, que aumentou as compras externas em meio a um surto de peste suína africana que tem atingido seu rebanho de porcos, o maior do mundo.

 

Com isso, o número total de plantas habilitadas no Brasil para exportações de carne à China passa para 89, ante 64 anteriormente.

 

O Ministério da Agricultura disse ter conduzido as negociações com os chineses para a liberação junto ao Ministério das Relações Exteriores e à embaixada brasileira na China.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais