SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Brasil obtém vitórias em investigações antidumping promovidas pela Argentina e Coreia do Sul

Brasil obtém vitórias em investigações antidumping promovidas pela Argentina e Coreia do Sul


Fonte: Comex do Brasil (2 de setembro de 2019 )

Brasília – A Argentina e a Coreia do Sul descartaram, após investigações antidumping, a existência de dano às indústrias dos dois países em decorrência de exportações de empresas brasileiras envolvendo, respectivamente, tecidos denim e papel não revestido.

 

Em notas conjuntas, a Secretaria de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia e o Ministério das Relações Exteriores informaram, na manhã desta sexta-feira (30/8), que o resultado das investigações foi considerado positivo tanto “para o setor têxtil brasileiro e para a relação econômico-comercial do Brasil com a Argentina” quanto para o setor de papel não revestido, que “continuará tendo acesso ao mercado da Coreia do Sul, hoje um dos principais parceiros comerciais do Brasil”.

 

A investigação antidumping da Argentina sobre tecidos denim concluiu que as exportações do Brasil não foram realizadas a preço de dumping e que não causaram dano à indústria local, não havendo, portanto, adoção de qualquer sobretaxa. No caso da Coreia do Sul, a investigação antidumping sobre papel não revestido exportado pelo Brasil concluiu não haver dano à indústria daquele país, também sem adoção de sobretaxa.

 

O Itamaraty destacou que “o governo brasileiro tomou conhecimento, com satisfação, da conclusão de investigação antidumping” de Argentina e Coreia do Sul. O governo acompanhou, por meio de atuação coordenada entre os dois ministérios, todas as etapas das investigações conduzidas pela Argentina e a Coreia do Sul. Durante os processos, as autoridades brasileiras procuraram demonstrar que as exportações brasileiras não causavam dano às indústrias dos dois países e que não havia justificativa, portanto, para a imposição de direito antidumping.

 

Leia as notas na íntegra: 

NOTA 1 – Coreia do Sul

NOTA 2 – Argentina


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais